22 de janeiro de 2017

Pastor Marcos Amaral afirma em programa que a intolerância religiosa é fruto da ignorância e causa polêmica!



O Rev Marcos  Amaral, no programa Encontro da Fátima Bernardes na Rede Globo, mais uma vez mostrou seu ecumenismo desrespeitando a decisão do Supremo Concílio que diz: A Igreja Presbiteriana do Brasil não aprova o ecumenismo.
Em 1966 o Supremo Concílio da IPB declarou que "... embora respeitando o foro íntimo de cada indivíduo, a IPB não entende que a liberdade de exame implique na abertura de suas portas a toda a sorte de dúvidas e heresias; 3) Determinar que os professores dos seminários da IPB se dediquem ao preparo intelectual e espiritual de seus alunos e se abstenham de propaganda e práticas ecumenistas e ideológico-políticas" (SC-66-091)

 Ele, não pode responder pela a instituição. Não pode sair por aí dando entrevista falando por si.

O que ele parece não entender é que o respeito e a tolerância não pode ferir meus princípios, pois desde o momento que fere meus princípios, já deixou de ser respeito, já é imposição da crença do outro sobre a minha.   Conceito formado não é preconceito, temos conceitos formado sobre tudo na vida, discordar não é ser preconceituoso e intolerante. O cristianismo tem princípios, e  a verdade ela é inegociável. O amor não está acima da verdade. Jesus não disse nem que ele é amor. Mas disse que Ele É A VERDADE.( a palavra). Afirmou ser ele próprio a personificação da verdade: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida” (Jo 14.6). Disse novamente referindo-se , a si mesmo: “Aquele que fala por si mesmo busca a sua própria glória, mas aquele que busca a glória de quem o enviou, este é verdadeiro; não há nada de falso a seu respeito” (Jo 7.18).

Essa mistura de pastores partidários e ideológicos que fazem  o politicamente correto, está destruindo toda a Ortodoxia. Vários pastores estão indignados e pedindo posição do Concílio.

Membros da IPB, soltou uma nota Publica em resposta  repudiando as declarações feita pelo Rev. Marcos Amaral.






Via: Mulheres SAbias
Mais informações →

Jair Bolsonaro articula com Silas Malafaia apoio para 2018


Os preparativos para a candidatura de Jair Bolsonaro (PSC-RJ) , popularmente chamado de “mito”, para as eleições presidenciais em 2018 já estão dando o que falar, e não por acaso. Segundo informações publicadas no EXTRA, Bolsonaro articula com Silas Malafaia apoio para o pleito eleitoral, esperando que com a força representativa dos evangélicos possa fazer frente aos principais candidatos na próxima eleição.
O Deputado Federal Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) revelou na publicação que Silas tende apoiar o “mito”. Esse apoio fica mais próximo devido Jair Bolsonaro e Silas Malafaia possuírem uma amizade que já dura 10 anos, com direito a celebração de casamento, em 2013, pelo líder religioso na união do amigo com sua atual esposa, Michelle Bolsonaro, que é evangélica e membro da igreja Vitória em Cristo, liderada por Silas. Na ocasião, em publicação de Raphael Gomide no portal IG,  o “mito” elogiou o Pastor:
“Eu também sempre gostei dele, de suas pregações e dos valores que defende. Ele está do lado da verdade”
Por outro lado, em 2015 numa publicação feita aqui mesmo no Gospel Mais, tratamos da ocasião em que Silas Malafaia incentivou a candidatura de Jair Bolsonaro para a Presidência no Twitter, conforme abaixo:
“NÃO SE ASSUSTE COM O QUE VOU DIZER, do jeito que a coisa vai, vamos acabar elegendo Bolsonaro para presidente. O camarada ñ tem rabo preso. — Silas Malafaia (@PastorMalafaia) 10 outubro 2015
Conhecido por suas opiniões marcantes, Bolsonaro é inspiração para memes que o chamam de “mito”
Ambos possuem posturas firmes e claras sobre temas polêmicos como o casamento gay, aborto, descriminalização das drogas e redução da maioridade penal, assim como temas correlatos que envolvem a liberdade religiosa e de expressão, o que já foi motivo de encontro em debates promovidos na Comissão de Direitos Humanos do Congresso.
Ainda segundo o EXTRA, o Deputado Sóstenes afirmou que há uma aproximação dos grupos políticos representados por lideranças religiosas de grande influência no país, como R.R. Soares, Francisco Floriano (da Igreja Mundial) e também Edir Macedo, do qual Malafaia parece ter se aproximado durante a eleição de Crivella (PRB) para Prefeito do Rio.
Em todo caso, Malafaia ainda não confirmou oficialmente apoio a Bolsonaro, mas o “mito” já deixou claro o tom das suas condições para quem decidir se aliar a ele, bem como do seu governo, caso seja eleito:
“Essa política de ‘toma lá, dá cá’ não tem vez comigo. Não abro mão, por exemplo, de um general quatro estrelas para a Defesa e de alguém conservador para a Educação e Cultura.”
Via: Gospel Mais
Mais informações →

Detentos interrompem rebelião e participam de culto evangélico, em presídio do RN

A rebelião no presídio de Alcaçuz durou seis e só teve uma trégua para a realização de um culto evangélico. (Foto: Correio 24 Horas)
A rebelião no presídio de Alcaçuz durou seis e só teve uma trégua para a realização de um culto evangélico. (Foto: Correio 24 Horas)
Na última sexta-feira (20), uma parte dos presidiários da penitenciária Estadual de Alcaçuz, decidiram interromper a rebelião que já acontecia há seis dias, para a realização de um culto evangélico.
Ao som de um violão e alguns microfones, plugados em amplificadores, os detentos cantaram músicas cristãs e também fizeram orações. A celebração teve direito até a um púlpito e cadeiras de plástico.
Apesar da 'trégua' que os presos deram para o culto, o clima ainda é de tensão no presídio, considerando que desde o início da rebelião, no sábado passado (14), pelo menos 26 detentos morreram.
Na manhã da última sexta-feira, ainda era possível ver presidiários soltos pelos pavilhões e pelos pátios e nos telhados da unidade prisional.
Diante do cenário caótico que o presídio vivenciou durante esta semana, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, foi a Natal e disse que o governo federal não vai "admitir descontrole". Militares das Forças Armadas já estão na capital para garantir a segurança nas ruas.

Via: Guiame
Mais informações →

Trump toma posse sob chuva e Franklin Graham diz: “É um sinal de bênção de Deus”

Rev. Franklin Graham, filho do evangelista Billy Graham, durante discurso. (Foto: Reprodução)
Rev. Franklin Graham, filho do evangelista Billy Graham, durante discurso. (Foto: Reprodução)
Diante de cerca de 800 mil pessoas,  Donald Trump toma posse da presidência dos Estados Unidos na tarde desta sexta-feira (20), no Capitólio de Washington, sede do Congresso norte-americano. A cerimônia começou oficialmente às 14h30, no horário de Brasília.
Além da presença de autoridades políticas, como os ex-presidentes Jimmy Carter, Bill Clinton, George W. Bush e Barack Obama, a cerimônia de posse contou com a presença de lideranças religiosas.
Logo após a abertura do evento, o Cardeal Timothy Dolan, arcebispo de Nova York, fez pedidos para que “a sabedoria pudesse trabalhar” com o presidente e o país nos próximos anos. Em seguida, o reverendo Samuel Rodriguez, da Conferência Nacional da Liderança Hispano-Cristã, fez uma adaptação do trecho bíblico das “Bem aventuranças”, descrito no Evangelho de Mateus.
“Deus, abençoe aqueles que sentem fome e sede, pois eles serão satisfeitos. Deus, abençoe todos aqueles que trabalham pela paz, pois eles serão chamados filhos de Deus. Deus, abençoe todos aqueles que são perseguidos por fazerem a coisa certa”, disse Rodriguez.
Em seguida, a pastora Paula White-Can, do Centro Cristão New Destiny, fez orações pelo novo governo. “Pedimos que a sabedoria necessária seja passada ao nosso novo presidente para que ele possa liderar nossa nação, unir o povo e representar tudo o que é honrável’, orou a líder.
Em seu juramento, Trump colocou sua mão sobre duas Bíblias. Uma delas é presente de sua mãe e outra foi usada por Abraham Lincoln, durante sua posse em 1861 — usada também por Obama em 2009 e 2013.

Donald Trump faz juramento sobre Bíblia em sua posse presidencial. (Foto: Reprodução)
Representando a aliança de Trump com Israel, a cerimônia contou com o discurso do rabino Marvin Hier, do Centro Simon Wiesenthal. “Deus Eterno, abençoe o presidente Donald Trump e os Estados Unidos, nossa grande nação. Nos oriente para que nos lembremos das palavras da Bíblia”, disse ele, em oração.
“A riqueza de uma nação vem dos seus valores, e não de seu dinheiro. Que Deus abençoe todos os nossos aliados pelo mundo, que tem a crença. Nós choramos quando eles diziam: se eu esquecer de Jerusalém, que a minha mão direita perca suas habilidades. Aquele que fez tudo isso, nunca fraquejará. Que venha o dia quando a justiça perdurará”, acrescentou.
Representando o último discurso religioso, o reverendo Franklin Graham, filho do evangelista Billy Graham, recitou sua última mensagem. “Na Bíblia, a chuva é um sinal de bênção de Deus e começou a chover quando o presidente subiu na plataforma. Minha oração é para que Deus abençoe o Senhor, sua família, o seu mandato e os Estados Unidos.
Graham também leu o trecho de 1 Timóteo 2:1-6: “Antes de tudo, recomendo que se façam súplicas, orações, intercessões e ação de graças por todos os homens; pelos reis e por todos os que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranqüila e pacífica, com toda a piedade e dignidade. Isso é bom e agradável perante Deus, nosso Salvador, que deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade. Pois há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens: o homem Cristo Jesus, o qual se entregou a si mesmo como resgate por todos”.

Donald Trump faz seu primeiro discurso após ter tomado posse em Washington. (Foto: Patrick Semansky/AP)




VIa: Guiame
Mais informações →

"Fomos criados pelo mesmo sopro do Todo Poderoso", diz Trump em discurso de posse

Donald Trump faz juramento sobre Bíblia em sua posse presidencial. (Foto: BreitBart)
Donald Trump faz juramento sobre Bíblia em sua posse presidencial. (Foto: BreitBart)
Na tarde desta sexta-feira (20), o presidente eleito, Donald Trump tomou posse de seu novo mandato no governo dos Estados Unidos.
A cerimônia conhecida como "Dia da Inauguração" contou com a participação de muitas personalidades famosas no país e até mesmo líderes cristãos, como a pastora Paula White, pastor Samuel Rodriguez e o Rev. Franklin Graham, além do líder judeu, o rabino Marvin Hier.
A posse também contou com as presenças do ex-presidente Barack Obama (que encerrou seu mandato) e de Hillary Clinton, que concorreu com Trump à presidência dos Estados Unidos, em outubro de 2016.
Seguindo parte da tradição das posses presidenciais, Trump fez o tradicional juramento de posse, com suas mãos sobre uma Bíblia que tem um significado especial em sua vida: um antigo exemplar que ganhou de sua mãe, quando ainda era um adolescente, em 1955.
"Eu, Donald Trump, solenemente juro que vou executar fielmente o cargo de Presidente dos Estados Unidos, e com o melhor de minha capacidade, preservarei, protegerei e defenderei a Constituição dos Estados Unidos. Então, que Deus me ajude", repetiu Trump em seu juramento.

Discurso
Em seu discurso de posse, intitulado "Quando Deus Escolhe um Líder", Donald Trump afirmou que as famílias poderão celebrar novamente a retomada da preservação de seus direitos em um novo governo.
"Havia pouco para ser celebrado pelas famílias pelo nosso país. Isso tudo muda, começando aqui e agora. Porque este momento é o momento de vocês, pertence a vocês", discursou.
"O que realmente importa não é que partido controla o governo, mas se o governo é controlado pelo povo", diz Trump. "Os homens e mulheres esquecidos de nosso país não serão mais esquecidos. Todos estão ouvindo vocês agora".
Donal Trump ao lado de sua esposa e filhos, durante a posse presidencial, nos EUA. (Foto: RTP)
Trump chegou a fazer referência ao Salmo 133, Trump lembrou que este é um momento para que os Estados Unidos realmente não se deixem abalar pelas divisões.
"A Bíblia nos diz como é bom e agradável quando o povo de Deus viva em união. Devemos falar sobre isso abertamente, debater nossos desentendimentos honestamente, mas sempre buscar a solidariedade. Quando a América está unida, ela é totalmente invencível", afirmou.
"Não deve haver medo. Estamos protegidos e estaremos sempre protegidos. Seremos protegidos pelos grandes homens e mulheres de nossas forças armadas e da aplicação da lei. E o mais importante, Seremos protegidos por Deus", acrescentou.
O novo presidente dos Estados Unidos também destacou que a desunião e as brigas não trarão crescimento para o país.
"Finalmente, devemos pensar grande e sonhar ainda maior. Na América, entendemos que uma nação só está vivendo enquanto estiver lutando. Não vamos mais aceitar políticos que só conversam e não agem, constantemente reclamando, mas nunca fazendo nada sobre isso.
"Se uma criança nasce na expansão urbana de Detroit ou nas planícies varridas pelo vento de Nebraska, elas olham para o mesmo céu noturno, e têm em seus corações os mesmos sonhos. Fomos todos criados com o sopro do mesmo criador todo-poderoso", afirmou.

Vitória "inusitada", espionagem e outras polêmicas
A vitória de Trump foi desacreditada, não somente pelo do Partido Democrata, mas também por grande parte da mídia (norte-americana, brasileira e de diversos outros países).
Segundo o pastor Franklin Graham, a vitória de Trump acabou surpreendendo aqueles que não acreditavam no Republicano porque "não compreenderam a ação de Deus" neste processo eleitoral.
O partido Democrata chegou a pedir uma recontagem de votos, supondo que houve fraude no dia da eleição, mas se decepcionou novamente ao descobrir que a nova contagem deu a Trump, 1.405.284 votos (844 a mais que no resultado inicial), enquanto Hillary alcançou 1.382.536 votos (713 a mais)

Via: Guiame
Mais informações →

20 de janeiro de 2017

Rodolfo Abrantes evangeliza crianças de rua: "Podemos ser os braços de Jesus para elas"



Na última quinta-feira (19), a página oficial do Ministério 'Brasa Church' publicou um vídeo com o depoimento de Rodolfo Abrantes sobre sua participação na ação #igrejanasruas, em Pernambuco e tem emocionado a internet com seu testemunho.
A ação evangelística foi criada pelo Minsitério Shores of Grace, liderado pelos missionários norte-americanos, Nic e Rachael Billman, em Jaboatão dos Guararapes (PE).
Rodolfo contou que já ouvia bons relatos sobre o Ministério, mas confessou que sua participação naquele momento de evangelismo na Rua das Flôres, em Recife, o deixou profundamente impactado.
"Eu já conhecia o trabalho do Nic e da equipe do Shores of Grace há algum tempo de ouvir falar. Eu estive com ele em algumas conferências e sempre ouvia os relatos e as histórias a respeito dessa maneira tão simples e tão poderosa com a qual Deus tem se movido".
Falando sobre a proposta do projeto, Rodolfo explicou que a ação foge ao formato convencional de uma "liturgia" e consiste na atitude do grupo evangelístico em conversar com as pessoas que vivem nas ruas.
"Eu fui convidado para ministrar aqui na Escola Fornalha e ondem eu pude participar da 'Igreja nas Ruas' e as direções foram simples. O Nic estava me contando que o papel da Igreja é chegar nesses lugares e simplesmente amar aquelas crianças, aquelas pessoas, conversar com elas... enfim: trazer à existência o ser humano digno que Deus fez à sua imagem e semelhança, dentro de cada uma delas", contou.
"Eu fui muito impactado! Eu confesso que tinha planejado na minha cabeça de observar como as pessoas se moviam e tentar me mover igual. Eu fui acostumado a essas ministrações de evangelismo em que você chega, faz um louvor, ministra uma Palavra... aquela coisa... Parece que você levou uma igreja simplesmente para a rua, levou a liturgia de um culto para o lado de fora", acrescentou.
O cantor e compositor confessou que naquela noite se dedicou a dar uma atenção especial àquelas crianças de rua, mas afirmou que isso aconteceu de forma espontânea.
"A gente está acostumado a ver estas crianças o tempo todo e às vezes eles pedem dinheiro, comida e para aliviar a consciência, você até dá alguma coisa e se sente muito bem: 'Olha, eu ajudei uma criança!'. Mas nenhuma delas me pediu nada ontem. [...] Aquilo foi uma das coisas mais poderoras que Deus fez na minha vida", afirmou.
"Eu me lembrei daquela passagem que trouxeram muitas crianças para Jesus e os discípulos repreendiam, porque o pessoal, às vezes parece que está mais focado na necessidade de alimento e cura de doenças que a gente se esquece, às vezes, que as crianças não querem nada, só querem os braços de Jesus", destacou ele. "Será que podemos ser os braços de Jesus para essas crianças?".

Via: Guia-me
Mais informações →

"Sérgio Moro no STF seria como João Batista: a voz que clama no deserto", diz Magno Malta



Na última quinta-feira (19), a morte do ministro do Supremo Tribunal e relator da Operação Lava Jato, Teori Zavascki gerou não somente muito lamento da família e amigos do juiz, mas também a elaboração de muitas teorias sobre as causas do acidente e também o futuro das investigações.
Agora, o nome do juiz Sérgio Moro está sendo especulado por muitos que acompanham a Operação Lava Jato como uma possível substituição de Teori, como relator das investigações, mas o senador Magno Malta (PR - ES) afirma que talvez a mudança não seja tão vantajosa assim para o avanço da Lava Jato.

"Muitas pessoas estão me ligando e pedindo nas redes sociais para que eu grave um vídeo para poder incentivar o presidente Temer a colocar o juiz Sérgio Moro no lugar de Teori no Supremo", contou. "As pessoas estão pensando que se o Moro for para o Supremo, ele vai continuar relator da Lava Jato no lugar do Teori. Ele não poderia. Primeiro, porque ele é o juiz de Primeira Instância desta mesma investigação. Estaria impedido".
Magno Malta também destacou que Sérgio Moro não teria apoio no STF e chegou a compará-lo ao personagem bíblico João Batista para ilustrar que o juiz seria uma "voz solitária" Supremo Tribunal.
"Moro no Supremo seria como João Batista: a voz que clama no deserto. Ele seria uma voz sozinha, quer dizer, aliado a mais duas ou três, dado aos tipos de vozes que nós já conhecemos ali dentro e que reverberam contra a Lava Jato", destacou.

Campanha
Entre os nomes de destaque que falaram sobre a entrada de Sérgio Moro no Supremo Tribunal Federal está o pastor Silas Malafaia.
Em um vídeo, pastor também reconheceu a realidade exposta por Magno Malta e lamentou que o juiz não possa assumir a vaga de Teori, mas fez um apelo ao presidente Michel Temer para nomear rapidamente o novo ministro do STF, que seja imparcial.
"Todo brasileiro, como eu, sonhava que essa vaga deveria ser de Sérgio Moro. Só que ele não pode ficar com os processos da Lava Jato, segundo as regras processuais, porque ele já atuou na primeira instância. Que pena! Esse era o cara. Mas fica aqui o pedido do povo brasileiro ao presidente Temer: por favor, presidente... coloque alguém independente, que não participe de grupo político, que tenha uma larga experiência no Judiciário e a folha corrida de honestidade, de integridade", disse o pastor.

Via: Guiame
Mais informações →

Menina é curada da leucemia após ver Jesus em seu quarto, no Rio

Alice foi curada da leucemia depois de ser visitada por Jesus em seu quarto. (Foto: Arquivo Pessoal)
Alice foi curada da leucemia depois de ser visitada por Jesus em seu quarto. (Foto: Arquivo Pessoal)
Diagnosticada com leucemia, a pequena Alice passou maior parte do ano de 2012 internada num hospital do Rio de Janeiro. No entanto, em uma experiência milagrosa, sua doença foi curada depois que ela viu Jesus Cristo entrando em seu quarto.
Alice tinha apenas 2 anos de idade quando recebeu dos médicos a primeira suspeita de leucemia, em maio de 2012, no pronto socorro infantil de São Gonçalo. Seu estado era grave e foi necessário fazer a primeira transfusão de sangue, pois seu coração poderia parar a caminho do hospital.
Ela foi transferida para Hospital da Lagoa, na Zona Sul do Rio, onde a suspeita foi confirmada: Alice estava com leucemia linfoide aguda (LLA), tendo 90% de seu sangue tomado por células cancerígenas.
Em meio à pior notícia de sua vida, a mãe de Alice, Joice Paschoal, foi consolada por Deus através do trecho bíblico de Jeremias 16:21: 21 "Portanto eu lhes ensinarei; desta vez eu lhes ensinarei sobre o meu poder e sobre a minha força. Então saberão que o meu nome é Senhor”.
Alice se submeteu à inúmeras transfusões de sangue e plaquetas, mas teve sua primeira alta em julho. No entanto, ela teve que retornar ao hospital no dia seguinte, com um quadro de febre. O sintoma já se estendia por 20 dias consecutivos e os médicos não conseguiam descobrir sua causa.
Enfraquecida pela doença, a garotinha não conseguiu ficar de pé entre o início de junho e final de agosto. Mas depois de 57 dias internada, ela teve sua segunda alta no dia 31 de agosto. No entanto, ela ficou apenas três dias em casa.

Alice ao lado da mãe e da irmã gêmea, Aléxia, no Hospital da Lagoa. (Foto: Arquivo Pessoal)
Noite do milagre
Certa noite, o pai de Alice, Alexandre, estava na igreja, em um congresso de missões. Joice estava ouvindo louvor e orando. A garotinha estava em sua cama, quando, de repente, viu Jesus Cristo em seu quarto. "Mamãe, olha Jesus. Mamãe, Jesus", disse Alice, depois de meses sem conseguir falar.
“Eu disse: ‘Ele veio te curar. Manda um beijo’. Ela mandava e sorria. Foi uma experiência em que eu pude contemplar seu rosto de alegria, que eu não via há algum tempo. Naquela noite, a fé me fez acreditar. Eu creio que ela foi curada naquele dia”, disse Joice ao Guiame.
“Alice não falava palavras nítidas, parecia um bebezinho pequeno. Ela regrediu com o tratamento, na época. Mas, de repente, ela começou a me chamar e apontar para o teto”, acrescenta a mãe.
No dia seguinte, a taxa de imunidade de Alice, que era 100, foi para 3.300. No outro dia, subiu para 7.500. Ela recebeu alta alguns dias depois, com uma taxa de imunidade de 17 mil. “A imunidade subiu de uma forma tão extraordinária que as médicas ficaram surpresas”, lembra Joice.
Depois disso, a pequena voltou a ficar internada para completar 4 blocos de quimioterapia. Após cinco meses, em outubro, ela voltou a andar e ter uma vida normal, ao lado de sua família. “O exame detectou 0% de células cancerígenas, para honra e glória de Deus. Jesus fazia, faz e fará muitos milagres em nossas vidas, basta colocar a fé em ação!”, afirma Joice.

Joice e Alexandre reunidos com os filhos no último natal. (Foto: Arquivo Pessoal)




VIA: GUIAME
Mais informações →

Polícia invade estudo bíblico para prender e espancar pastores, no Oriente Médio

Cristãos participam de culto em meio à destruição da guerra civil, no Oriente Médio. (Foto: BCNN2)
Cristãos participam de culto em meio à destruição da guerra civil, no Oriente Médio. (Foto: BCNN2)
Na última quinta-feira (19), a polícia prendeu quatro cristãos, ligados ao Ministério "Bíblias para o Oriente Médio", no Oriente Médio. Entre os que foram detidos, há dois pastores.
A ação aconteceu quando os pastores estavam ministran um estudo bíblico para outros dois cristãos. A política interrompeu invadiu a sala onde estava acontecendo a reunião e prendeu as quatro pessoas.
Os dois cristãos que estavam sendo ministrados começaram a frequentar os cultos de uma igreja subterrânea há apenas dois meses. Apesar do pouco tempo, eles haviam se tornado cristãos fiéis e se preparavam para serem batizados.
Antes de efetuar a prisão, a polícia os espancou brutalmente. Um dos pastores tentou falar alguma coisa, mas a polícia bateu no rosto dele, quebrou alguns de seus dentes e seu nariz e boca começaram a sangrar.
Após ser agredido, o pastor caiu no chão e um policial começou a chutar sua barriga. O outros três homens também foram brutalmente espancados.
Após a ação truculenta, os policiais levaram os quatro cristãos para serem julgados em um tribunal da lei Sharia. A Corte os enviou para um presídio administrado pela polícia secreta, onde os prisioneiros são frequentemente agredidos.
Em um comunicado publicado em seu site, o ministério "Bíblias para o Oriente Médio" convocou uma campanha de 100 horas de oração para clamar pela libertação destes homens e de todos os cristãos que estão sofrendo perseguição no Oriente Médio.
"Pedimos que a toda a Igreja junte-se a nós em orações. Orem pelos ministérios, ministros e cristãos do Oriente Médio", destacou.
Em outro trecho do comunicado, a organização reafirmou que acredita no poder e na fidelidade de Jesus Cristo.
"Caros amigos cristãos, o nosso Senhor salvador Jesus Cristo está conosco. Ele é poderoso e poderoso. A Igreja é o Seu corpo e Ele não permitirá que o Seu corpo seja destruído. Ele sofreu, foi crucificado, morreu por nós e ressuscitou dos mortos. Ele está conosco. Estamos sob suas asas poderosas e temos um futuro brilhante, pois a batalha é do Senhor. Confie nEle, pois Ele fará com que tudo coopere para o bem", finalizou.

*O local exato onde o fato ocorreu e os nomes dos envolvidos não foram informados pela organização, para preservar a segurança desta e outras igrejas subterrâneas existentes no Oriente Médio.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DA BÍBLIAS PARA O ORIENTE MÉDIO
Mais informações →

Silas Malafaia faz campanha por Sérgio Moro no STF após morte de Teori Zavascki



O pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, gravou um vídeo poucas horas após o anúncio de que Teori Zavascki faleceu no acidente aéreo em Paraty (RJ), nesta quinta (19).

Como tem feito nos últimos meses, Malafaia fez um apelo público, insistindo para que o presidente Michel Temer (PMDB) nomeie o juiz federal Sérgio Moro como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

Lembrou que, pela lei, o substituto de Teori será o relator da “Operação Lava Jato”. Segundo o pastor, seria uma promoção para quem “trabalha pela honestidade”.

“Ninguém melhor e que conheça mais sobre Lava Jato”, ressaltou. Dirigindo-se ao presidente, pediu “Nomeia o Moro para o STF”. Tecendo vários elogios ao juiz de Curitiba, disse que essa sugestão não era sua, mas de milhares de brasileiros.



De fato, as redes sociais mostram que existem diversos movimentos nesse sentido. Malafaia compartilhou várias vezes o vídeo em suas redes sociais em um curto espaço de tempo.

Enquanto Moro comanda as investigações na primeira instância, cabia a Teori ser relator dos processos dessa operação no STF. Mas, como lembram especialistas, esse seria um impedimento para Sérgio Moro ser o relator.

Legalmente, ele não poderia julgar de novo os mesmos processos em uma instância superior.

Alertado sobre isso pelos seus seguidores no Twitter, Malafaia escreveu no microblog: “Mesmo o moro sendo impedido, por regras processuais, de ser o relator da lava jato no STF, merece ser nomeado pelos relevantes serviços”.

Michel Temer, citado mais de 40 vezes nas delações dos executivos da Odebrecht, precisará escolher o substituto de Teori nos próximos dias. Até o momento ele não citou quem seria indicado.

Via: Gospel Prime
Mais informações →

Fiéis usam carro de som para expulsar pastor da Igreja da Assembleia de Deus "General / Ditador"

A igreja Assembleia de Deus de Lauro de Freitas na Bahia, protagonizou um escândalo inédito na história das igrejas evangélicas no Brasil, isso porque, os membros da igreja usaram um carro de som na porta da igreja, para pedir a saída do pastor Hugo Noival, presidente da AD na cidade.

Segundo informações, Hugo Noival teria negociado o apoio político da igreja ao PT para a sua Filha exercer um cargo de secretaria com um salario de 14.000 mil reais e futuramente sair candidata a vereadora.
Fiéis denunciam que o pastor mora no condomínio mais caro da cidade, e que sua casa é avaliada em R$500 mil reais.
Com temperamento forte, Hugo Noival é chamado de ditador e coronel, é possível inclusive ver isso no vídeo, tudo isso devido a liderança e administração que apenas  enriquece e causa revolta nos membros.



Mais informações →

19 de janeiro de 2017

Presos oram e citam Salmo 17 durante rebelião e matança no RN


A matéria foi publicada no Congresso em Foco, onde pode ser ouvido o áudio a que eles se referem:

Em áudio atribuído ao PCC, criminosos comemoram massacre no RN, fazem oração e dizem que guerra em presídios não acabou

Áudio atribuído a lideranças da facção criminosa no Ceará mostra que confronto dentro das cadeias está longe de acabar. “Não pensem nossos inimigos que estaremos de brincadeira. Quem tocar em um PCC será morto.” Um dos presos lê passagem bíblica

POR EDSON SARDINHA E JOELMA PEREIRA 

A Secretaria de Justiça e da Cidadania do Ceará informou ao Congresso em Foco que o serviço de inteligência da pasta analisa a veracidade de uma gravação atribuída a presidiários que se identificam como lideranças da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) no estado. No áudio, que circula pelo Whatsapp, eles comemoram o massacre que resultou na decapitação de 26 detentos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte, no último fim de semana, afirmam que a “guerra não acabou” e fazem uma oração pelos colegas de facção assassinados em confrontos em outros presídios no início deste ano.

No início da gravação, um dos interlocutores declara que fala diretamente da Privação Provisória de Liberdade (CPPL) III, em Itaitinga, “QG (Quartel General) do 15 (PCC)” para “dar um grito de guerra em vitória aos nossos irmãos do Rio Grande do Norte”. Em seguida, um preso que se apresenta como “Irmão Trovão” anuncia como uma vitória o massacre no Rio Grande do Norte. “Vencemos hoje o nosso maior inimigo do Nordeste, o Sindicato do RN não existe mais. Tá ligado (sic), meus parceiros?” A fala é sucedida por gritos de comemoração.

Em seguida, o interlocutor diz que a facção pode dar a “volta por cima, com inteligência, sabedoria e disciplina” no Ceará e ainda sugere uma estratégia para que isso ocorra: “Nessa hora temos de ser muito cautelosos, batizar em sigilo nas cadeias desse estado do Ceará. Nós não perdemos a guerra, só a batalha”. “Vamos ter cautela. Os que nós perdeu (sic) nós vamos recuperar, dia e noite, nós vamos recuperar”, acrescenta.

Salmo 17

O criminoso, então, passa a fazer uma oração – uma versão resumida do Salmo 17 – pelos companheiros de facção mortos e em homenagem aos seus familiares. “Vamos fazer oração aos nossos irmãos que se foi (sic) nessa luta, nessa guerra, que é o nosso sangue. Vamos incansavelmente lutando dia e noite pela nossa família do PCC. Suas famílias ficaram aí, seus parentes, nós estamos aqui”.

“Ouve, Senhor, a justiça; atende ao meu clamor; dá ouvidos à minha oração, que não é feita com lábios enganosos. Saia a minha sentença perante o teu rosto e a razão. Provaste o meu coração; visitaste-me de noite e nada acha. Propus que meu coração não transgredirá tanto pelo trato quanto pela tua palavra. Me guarde das veredas do destruidor. Dirige os meus passos nos teus caminhos, para que as minhas pegadas não vacilem. Eu te invoquei, ó Deus, pois me queres ouvir. Guarda-me como a menina que dá sobeja às suas crianças. Quanto a mim, contemplarei a tua face na justiça quando eu acordar”, lê o presidiário.

Segundo a Secretaria estadual de Justiça e Cidadania, o material será analisado e, caso seja confirmada a sua veracidade, “as medidas necessárias serão adotadas”. No Ceará, os presos foram separados por facções para evitar confronto logo após o massacre que resultou em 56 mortes no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus, na virada do ano. Os crimes no Amazonas foram atribuídos à Família do Norte (FDN), ligada ao Comando Vermelho, do Rio de Janeiro, rival do Primeiro Comando da Capital. Uma semana depois, em Roraima, novo massacre resultou em 31 mortos, vinculados ao Comando Vermelho e à FDN. A autoria foi atribuída ao PCC. Até o momento não houve registro de incidentes nas cadeias do Ceará. Após a divulgação do áudio, porém, policiais reforçaram a vigilância de algumas unidades prisionais no estado.

No último sábado, 26 presos foram assassinados e decapitados no Rio Grande do Norte pela organização criminosa paulista. Os mortos eram do Comando Vermelho, da FDN e do Sindicato do Rio Grande do Norte.

Em seguida, outro preso, que se apresenta como “Irmão Cigano” faz ameaças. “Não pensem nossos inimigos que estaremos de brincadeira. Quem tocar em um PCC será morto. Se tocar em nossas famílias, receberão a resposta à altura, porque unidos…”, afirma. “Venceremos”, completam os demais presidiários. O áudio é encerrado aos gritos de 1533 – em alusão ao P (15ª letra do alfabeto) e ao C (terceira letra).

Via: Contorno da Sombra
Mais informações →
Postagens mais antigas Página inicial
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Carregando...

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!