17 de setembro de 2013

Atirador do massacre de Washington era budista


Nos últimos tempos bicudos, terrorismo é algo - lamentavelmente - mais associado ao islamismo que a outras religiões, embora também haja quem se diga terrorista cristão.

Nesse tétrico diapasão, Aaron Alexis foi o responsável pelo massacre ocorrido ontem, 16/09/13, na capital norteamericana, no qual foi baleado e morto.

Para surpresa daqueles que - imediata e automaticamente - pensaram em terrorismo islâmico, Alexis, ao que tudo indica, não tinha qualquer vínculo com organizações extremistas religiosas, mas, para estupefação geral, era budista, segundo noticia O Globo:

Homem acusado de ataque em complexo da Marinha era budista praticante

Aaron Alexis, de 34 anos, é descrito por amigos como uma pessoa não-violenta e gentil

Ele era um funcionário terceirizado pela Hewlett-Packard (HP)

RIO — Acusado de matar pelo menos 12 pessoas em uma base da Marinha, em Washington, nesta segunda-feira, Aaron Alexis era budista praticante e é descrito por amigos como uma pessoa não-violenta e gentil. Ele serviu à Marinha como cabo entre 2007 e 2011 em Fort Worth, no estado do Texas, onde morava, e chegou a ser condecorado com medalhas relativas ao combate ao terrorismo. Alexis teria usado a identidade de um funcionário que estava de licença para invadir o local.

Alexis teria sido dispensado da Marinha devido a um “padrão de má conduta”, de acordo com uma fonte militar. Atualmente, segundo seu pai, Algernon Alexis, o suspeito trabalhava com computação em uma empresa privada. Um porta-voz da Hewlett-Packard (HP) disse à emissora CBS que o ex-militar trabalhava, como terceirizado, na rede interna da Marinha.

“Estamos profundamente tristes pelos acontecimentos trágicos de hoje, no complexo de Marinha em Washington. Nossos pensamentos e simpatias estão com todos aqueles que foram afetados. Aaron Alexis era terceirizado como contratante da HP Enterprise Services para atualização de equipamentos utilizados na Intranet da Marinha. A empresa está cooperando plenamente com a aplicação da lei, conforme solicitado.”

Scott Friedman, repórter da NBC, conversou com um ex-colega de apartamento de Alexis, que o descreveu como um homem aparentemente não-violento. Apesar disso, ele já havia sido preso em 2010 por usar uma arma de fogo dentro de casa. De acordo com o relatório da polícia, Alexis estava limpando a arma quando ela disparou acidentalmente. O tiro atingiu o teto de seu apartamento.

O colega de Alexis confirmou que o ex-funcionário tinha porte de armas, possuía uma pistola semi-automática, e costumava reclamar de contas atrasadas. Mas era pacífico e tinha aprendido tailandês em um templo em Cherry Lane.

Assim como ele, outros amigos ão acreditavam que ele era o autor do ataque. Nutpist Suthamtewakul, proprietário do restaurante tailandês Happy Bowl, conta que dividou apartamento com ele por 3 ou 4 anos. Alexis chegou a trabalhar algumas vezes no local como garçom e entregador.

- Ele era como meu irmão mais velho. Eu não acho que ele faria isso. Ele tem uma arma, mas não acho que ele é tão estúpido assim. Ele não parecia agressivo para mim.

Outro amigo conta que Alexis tinha visitado recentemente a Tailândia e foi para o Japão a trabalho, com uma empresa de tecnologia.

- Ele não é o tipo de cara que falava sobre armas ou violência - afirmou Sandy Guerra-Cline, cliente do restaurante ao jornal local “Star-Telegram“. - Minhas melhores lembranças eram dele sentado em uma das mesas do Happy Bowl tentando aprender tailandês.


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!