16 de outubro de 2013

Fernanda Brum cobra R$ 80 mil e pastor diz “Não”

Fernanda Brum cobra R$ 80 mil e pastor diz

Pedro E. Barbalho, 52 anos, nascido no estado do Maranhão, é vereador pelo PSC no município de Jacundá, cidade de 50 mil habitantes, localizada à sudeste do estado do Pará, onde mora por mais de 31 anos. Pertence a Igreja Batista Nacional Missionária onde é diácono e evangelista. Muitas vezes confundido como pastor, exerce seu quarto mandato como vereador.

Há 4 anos atrás durante o aniversário da cidade, o então prefeito pediu que Irmão Pedrinho (como é conhecido) trouxesse um cantor evangélico para participar das comemorações. Este, entrou em contato com a empresária da cantora carioca Fernanda Brum que lhe informou o valor do cachê, na época algo em torno de 80 mil reais. Irmão Pedrinho negou-se a fechar o contrato e nunca mais investiu na vinda de celebridades Gospel em sua região. Ele acredita que hoje em dia o cachê de cantores ao nível de Brum possam chegar a R$ 120 mil reais.

Pastor Daniel Damasceno, que é pastor titular da sua igreja conhecida por uma expressão missionária nas pequenas cidades e áreas carentes, não paga e nem aprova a ideia de pagamentos de cachês. Para as festas e eventos utilizam cantores locais ou o próprio ministério de louvor. Os recursos são investidos nas comunidades no trabalho missionário local e transcultural.

Por 

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!