21 de outubro de 2013

O mestre.



Somente três anos e o mundo transformou-se muito mais do que em milhares de anos.

O mestre


Como citamos anteriormente Julius Erving, não só foi o maior cestinha da NBA, mas também em todas as temporadas nas quais atuou, com estatísticas acima dos 400 rebotes, 200 assistências, 100 bolas recuperadas e 100 tocos. Ninguém conseguiu tamanho êxito. Hoje Julius dá aula de basquete para crianças: poucas pessoas jogaram como ele, pois foi o melhor.

A Bíblia fala sobre o que Jesus começou a fazer e ensinar. Veja bem a ordem: primeiro fazer, depois ensinar. Muitos mestres se levantaram na história: mestres de religião, ética, filosofia e disseram ou falaram o suficiente para encher livros inteiros. Nenhum merece sequer ser comparado com o Senhor Jesus. Ele não falava simplesmente. Ele vivia o que ensinava.

Nos surpreenderemos se fizermos uma caminhada histórica pela vida de Jesus. Ninguém poderia resistir à Sua palavra e à Sua presença. Venceu todas as enfermidades e a morte; fez mudar o curso da natureza e História. Ele fez o bem a todos, curando, ajudando, ressuscitando mortos, acalmando tempestades, multiplicando alimentos. Sua vida foi um exemplo perfeito de integridade. Nem sequer Seus inimigos puderam apontar um só pecado, um só equívoco, um só ato mal feito. Nem sequer hoje mesmo, os que dizem que Deus não existe, podem apontar uma só falta na pessoa de Jesus.

Só três anos de vida pública, só três anos de ensinamentos intensivos. Não viajou para fora da Palestina, não escreveu nada, não falou em nenhum meio de comunicação, não participou dos círculos políticos e culturais da época. No entanto, as vidas de políticos, historiadores, filósofos, educadores, artistas e mestres juntos, não influenciaram tantas pessoas como aquela única vida solitária — a vida de Jesus Cristo.

Não foi estranho ter sido assim. A Bíblia nos diz que Jesus é o próprio Deus feito homem. Durante aqueles trinta e três anos, Deus habitou na terra e os homens o viram face a face. Ele nos ensinou o caminho do céu quando disse: “Eu sou o caminho”. Simples e claro, porque todo grande mestre age de forma simples. E Jesus foi o melhor mestre que existiu — é também o Salvador, Rei, Senhor e amigo.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!