8 de outubro de 2013

O que aprendi nos últimos 30 anos...






Carlos F. S. Moreira

O que aprendi nos últimos 30 anos...
As pessoas na igreja amam superficialidades... Amigos de epiderme, mudanças sutis, doutrinas “verniz”, cultos “mingau”, louvor-show, e tudo o mais que pode até tocar a alma, produzir emoções e sensações, mas, jamais, chega até a consciência para alterar interiores. Se você deseja uma comunidade cheia de pessoas, dê a elas entretenimento! Encha suas agendas com programas, invente coisas diferentes e até extravagantes, saia da rotina da oração, da vigília, do jejum ou do ensino. No nosso tempo, a necessidade é de diversão, pois a rotina da semana é muito pesada. Como disse o Djavan: “a estrada é ruim, e o trânsito que não vai...”. O chefe cobra resultados, os filhos dão trabalho, os conflitos são muitos... Ninguém quer chegar em uma reunião religiosa para ser demandado... Ninguém quer confronto, ou palavras mais firmes. Muito menos deseja-se ouvir falar de cruz, negação ou são doutrina... Todos precisam de refrigério, querem algo para amaciar a “carne” e não para fortalecer o Espírito. Creia, se você seguir na direção contrária, vai “amargar” ter um grupo ínfimo, de gente que, talvez, não encha nem um terraço. Se você quiser investir em reuniões para aumentar a consciência no Evangelho, ela durará, talvez, 1 mês, porém irá se esvaziar aos poucos. As pessoas preferem investir nas suas vidas profissionais, em exercícios físicos ou em lazer variado. Quase não se encontra quem queira aprender sobre justificação pela fé, ou sobre dons espirituais, escatologia, ou ainda sobre o Evangelho de Jesus. Para juntar pessoas, use algo do tipo: “10 passos para a prosperidade”, ou “como melhorar seu casamento em 7 passos”. Ensinos de auto-ajuda fazem muito sucesso neste tempo... Quanto mais “regrinhas”, melhor! Ademais, quase todo mundo está em crise financeira e conjugal, por isso, acreditam em qualquer tipo de passo-a-passo para resolver o problema de forma mágica. É como um “passe” das religiões espiritualistas, mas com uma camada de “calda gospel”! Se você for abrir sua casa, pensando num pequeno grupo, tenha muito cuidado. Fique atento a quem entra em sua vida, pois muitos se achegarão para lhe ouvir e para lhe pedir ajuda, mas poucos lhe suportarão depois que você disser a eles a Verdade. Sua casa será um bom lugar para filmes, vinhos, queijos e diversão. Mas você perceberá que as pessoas fugirão do confronto e evitarão um discipulado que mexa com as dinâmicas da vida delas. Em nosso tempo, todo mundo imagina que discipulado é estudo bíblico, não uma relação que tem como objetivo a formação do caráter. Se você acha que precisa caminhar repartindo cargas, cuidado com quem você trás para perto de si. A imensa maioria das pessoas não entende que você é humano, pois há um certo tipo de “fetiche evangélico” que está associado a quem lidera. Muito acabam idealizando que sua vida é perfeita, e os líderes, não raro, são culpados por esta falácia, uma vez que “bancam” a conta existencializando uma rotina perfeita, onde não existe medo, tristeza, dor, ansiedade e todos os matizes que nos advém do caminhar sobre a Terra. Muitos se aproximarão de você para lhe espreitar a alma, e para desnudar suas fragilidades, como fez Cão com Noé. Se possível, chore com dois ou três, não mais do que isto. E tenha a certeza de que eles sabem sobre as ambiguidades do que é viver, pois na maioria dos casos, pessoas imaginam que pastores devem ser infalíveis. Elas lhe procurarão quando precisarem, a qualquer hora e em qualquer momento. Mas, acredite, não terão misericórdia de você nem de sua família quando lhe flagrarem em algum erro. Sim, você será triturado na “roda de moinho” da “igreja”, sua alma virará farelo de trigo para ser assado nas mãos de quem, um dia, comeu a sua mesa e deu risadas ao seu lado. Se eu pudesse te ensinar alguma coisa, falaria o que Paulo disse a Timóteo: “Saiba disto: nos últimos dias sobrevirão tempos terríveis. Os homens serão egoístas, avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios, sem amor pela família, irreconciliáveis, caluniadores, sem domínio próprio, cruéis, inimigos do bem, traidores, precipitados, soberbos, mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando o seu poder. Afaste-se também destes...
Eles estão sempre aprendendo, mas não conseguem nunca de chegar ao conhecimento da verdade... Não irão longe, porém; como no caso daqueles, a sua insensatez se tornará evidente a todos. Mas você tem seguido de perto o meu ensino, a minha conduta, o meu propósito, a minha fé, a minha paciência, o meu amor, a minha perseverança, as perseguições e os sofrimentos que enfrentei, coisas que me aconteceram em Antioquia, Icônio e Listra. Quanta perseguição suportei! Mas, de todas essas coisas o Senhor me livrou! De fato, todos os que desejam viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos”. 2 Timóteo 3:1-12. Sim, eu lhe diria estas coisas, com todo amor e com toda reverência por sua alma... Mas se você não quer se aborrecer, nem se decepcionar, nem sentir-se só ou desmotivado, proporcione um pouco de “analgesia” e “entorpecimento” para todos! Evite tudo o mais e você viverá sem problemas, sem se expor e sem construir inimizades. O mais... Bem... O mais é para quem não tem outra escolha na vida a não ser negar-se a si mesmo e segui-Lo...

Fonte: vi no face do camarada https://www.facebook.com/carlosfmoreira?sk=photos
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!