6 de novembro de 2013

A MANIA DE ALGUNS EVANGÉLICOS FUNDAMENTAREM SUA FÉ EM ENSINOS DE EX-SATANISTAS

Por Renato Vargens

O caso da "girafa encapetada" trouxe a tona a triste realidade de que existe um número incontável de cristãos fundamentando sua fé em achismos, misticismos e ocultismo. Para piorar a situação não são poucos aqueles resolveram fazer cursos extra-bíblicos ministrados por ex-satanistas cujo intuito é claro, descobrir as estratégias do cão.

Caro leitor, confesso que fico assustado com aqueles que preferem dar ouvidos a experiência de um ex-bruxo à fundamentarem sua fé naquilo que as Escrituras dizem.  Nessa perspectivas tem surgido em nossos arraiais doutrinas extremamente estapafúrdias, senão vejamos:

1-  Pacto involuntário com o Demo

Essa é uma das doutrinas mais comuns propagadas e defendidas por ex-satanistas. Segundo estes, qualquer pessoa que tem contato com um amuleto, figura, boneco, brinquedo ou qualquer outra coisa que "pertença"ao diabo, faz com ele um pacto involuntário. Ora, a estes eu repondo com um brilhante texto da Norma Braga que diz: 

"Na cosmovisão cristã não existem pactos involuntários. Aliás, em lugar nenhum, já que a natureza de todo pacto (trato, acordo) é necessariamente voluntária. A crença em pactos involuntários é uma concessão ao pensamento mágico, típico das religiões esotéricas. Se seus atos involuntários tivessem algum poder espiritual, você estaria perdido, sua salvação seria impossível. Se por meio do sacrifício de Jesus Cristo DEUS efetuou essa salvação em você, não é um ato involuntário que vai invalidar o que Deus fez. Um ato involuntário do homem não pode ser mais forte que um ato voluntário de Deus."

2- O crente precisa conhecer  as estratégias satânicas para que não seja pego de surpresa e tenha frustrado o plano de Deus em sua vida

Essa é uma visão absolutamente equivocada e distante daquilo que as Escrituras nos ensinam. Ora, ainda que a Bíblia nos diga que temos um adversário espiritual, e que a nossa luta não é contra sangue ou carne, mas sim contra principados, potestades, dominadores do mundo tenebroso e força espirituais da maldade, em nenhum momento nós encontramos na Palavra de Deus orientações  da parte do Senhor ou dos apóstolos sobre a necessidade de descobrirmos os planos estabelecidos por satanás e seus anjos. 

Prezado amigo, parece que alguns dos evangélicos têm vocação para ghostbusters, isto porque, procuram o diabo em tudo que é lugar. Alias, assusta-me o fato de que o adversário de nossas almas receba tanta atenção por parte dos cristãos. Em alguns dos cultos evangélicos o diabo é entrevistado, da dicas espirituais e em alguns casos até prega.

Em minha caminhada cristã tenho ouvido e visto histórias do arco da velha. Já ouvi alguns afirmarem que a fanta uva é a bebida do cão que a Procter Gamble financia a obra do capeta, que alguns discos (ainda existem?) tocados ao contrário exaltam o cramulhão, que o ratibum cantado no parabéns para você é uma maldição, que aDisney tem pacto com o demo, que o rock é o ritmo do inferno, e muito mais.  

Sinceramente diariamente me questiono porque as pessoas ficam procurando chifre em cabeça de cavalo. Não dá para engolir essa " mania gospel de ser". Aliás, vamos combinar uma coisa? Parte da chamada igreja de Jesus se tornou extremamente supersticiosa. Sei de líderes que orientam o rebanho a não usar roupa intima de cor vermelha, pois atrai maus espíritos. Outro dia eu soube de um pastor que estava ensinando numa igreja histórica da cidade que a mulher que usa calcinha vermelha dá legalidade ao diabo, podendo portanto, ficar endemoniada. Outro líder evangélico conhecido por muito testemunha que foi instruído por um "ex-alguma coisa" a não pensar em voz alta, pois o diabo poderia ouvir e frustrar seus planos.

Caro leitor, alguma precisa ser feita, os valores do reino de Deus precisam ser resgatados, a Bíblia necessita novamente ocupar a centralidade de nossa fé, e o evangelho de Cristo pregado com graça, sabedoria e poder. 

Veja bem, Cristo não lhe salvou para fundamentasse sua fé naquilo que as pessoas, o diabo ou quem quer que seja, diga que deva fazer. O Senhor o chamou para fundamentar vida e comportamento  em sua Palavra. Ela  basta, ela é suficiente, portanto, deixe e o cão pra lá e  regresse as Escrituras fazendo dela sua única e exclusiva regra de fé.

Renato Vargens
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Um comentário:

  1. concordo...mas devemos pensar tbm que muitos desses ex-satanistas, ex-bruxos, foram escolhidos por Deus para nos alertar sobre algumas armadilhas do diabo, que muitas vezes não percebemos...afinal de contas, é imprudencia e falta de conhecimento biblico negar que o mundo jás no maligno(literalmente)!!!

    ResponderExcluir

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!