3 de fevereiro de 2014

O beijo foi só a preliminar... A orgia vai comer solta!







Por Hermes C. Fernandes



Quem não se escandalizaria com aquilo? Dois homens barbados! Argh!!! Tive ânsia de vômito.


Por sorte, meus filhos não estavam na sala. Mas penso que milhares de famílias não tiveram a mesma sorte. Como explicar a um adolescente o que estava sendo veiculado pela TV a uma hora daquelas?


Durante o tempo da ditadura militar, isso jamais teria aconteceria. Aqueles dois poderiam ter sido detidos. Mas a liberdade também nos trouxe esses efeitos colaterais indesejáveis. Em nome dela, ouve-se o que quer e o que não quer. É preferível isso à censura.


Será que não sentiram nojo? E saber que ambos são chefes de família. Como puderam encarar os próprios filhos depois de protagonizaram algo tão deprimente?


Um deles tinha a minha admiração. Acompanho a sua trajetória desde o início. Sempre falou grosso. Era um típico machão. Quem o assistiu em outras épocas, não suporia que ele chegasse a este ponto. Mas dizem que o dinheiro compensa. Com a audiência alavancada, vende-se mais. Já o outro, parece não desfrutar da mesma reputação... dizem que já andou aprontando por aí...


Se foi apelativo? Ora bolas! O que poderia ser mais apelativo que aquilo?


Dois homens se expondo de maneira inescrupulosa!


Apesar de potencialmente escandaloso, o fato acabou ofuscado por outra cena também protagonizada por dois homens. Dois atores héteros, com talento reconhecido nacionalmente, protagonizam o primeiro beijo gay masculino da TV aberta brasileira. Desde então, só se fala nisso pelas redes sociais. Ainda que o beijo tenha sido discreto e técnico, denotando mais carinho do que propriamente volúpia. Beijos semelhantes são dados entre os russos sem qualquer balbúrdia. Mesmo assim, o Brasil inteiro não fala de outra coisa. Os valores da família brasileira foram desafiados... Esperem até as eleições para ver o quanto esse beijo vai render...


Enquanto isso, num outro canal, dois pregadores barbados, um brasileiro e outro americano, protagonizam cenas que talvez não revirem nosso estômago, mas que, certamente, devem ter causado náuseas em Deus. Por bem menos que isso, Jesus ameaçou vomitar a igreja de Laudiceia. Tudo porque os laodicenses se achavam ricos, prósperos, mas não reconheciam sua profunda miséria espiritual.


O problema é que, não estamos acostumados a ver dois homens se pegarem pela TV, mas já nos acostumamos a ver as Escrituras sendo descaradamente torcidas para se pedir dinheiro em nome de Deus. Enquanto o americano afirmava que jamais aceitaria servir a um Deus que fizesse as pessoas pobres, o brasileiro acenava concordando, e, de vez em quando, exclamava "fala Jeová!" Depois de uma longa exposição, chegou a hora da facada. Se a pessoa quiser tornar-se próspera, terá que fazer negócio com Deus, uma tal de aliança financeira. "Ligue agora! Demorar é o mesmo que desobedecer!", ameaçava o mestre da sabedoria.


É triste constatar o cumprimento da advertência apostólica: "Assim pois, por vossa causa, o nome de Deus é blasfemado entre os gentios" (Rm.2:24). Pedro faz coro afirmando que entre nós haveria "falsos mestres, os quais introduzirão encobertamente heresias destruidoras, negando até o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição. E MUITOS SEGUIRÃO as suas dissoluções, e POR CAUSA DELES será blasfemado o caminho da verdade; também, movidos pela ganância, e com palavras fingidas, eles farão de vós negócio"(2 Pe.2:1-3).



Quem poderia levar a sério uma igreja cuja a ética escoa pelo ralo do falso moralismo?


O que seria mais nojento do que ver um pastor brasileiro, de reputação notória, trazendo ao seu país um

americano que não tem credibilidade nem entre a sua gente, acusado de fazer uso do serviço de prostitutas, investigado por sonegação de impostos, para extorquir seu próprio povo? Seria como abrir a porteira do aprisco para que o lobo se sirva. Sinceramente, isso me enoja muito mais do que ver dois homens que nem sequer se professam cristãos dando um selinho em horário nobre.



Como já de costume, coamos mosquitos e fazemos gargarejo com dromedários.


O que igualmente me enoja é ver celebridades do mundo gospel posando ao lado de candidatos, sabendo o quanto ganharam para induzir o rebanho a ceder seu voto, abrindo mão do exercício da livre cidadania. Votos são trocados por equipamento de som, laje, bancada nova, e às vezes, por um carro ou uma propriedade para igreja ou para o pastor.


Eles estão beijando o diabo! E não é selinho! É beijo de língua, bem ao estilo desentupidor de pia. E não se enganem. Tudo isso são só as preliminares. A volúpia continua após a eleição, com cargos negociados, projetos de lei em benefício próprio, etc.


Mas tudo bem! Desde que impeçam que projetos de lei como a PL 122 vinguem. Nojo!!! Eles estão se lixando para isso. Se tudo isso fosse sério, eles seriam mais coerentes e negariam seu apoio a candidatos que promovem a parada gay. Ridículos!!! Entrincheirar-se contra a comunidade LGBT tornou-se numa estratégia de campanha política. É só falar que pastores serão obrigados a celebrar casamentos gays, e se recusarem serão presos, e pronto. Os crentes piram...


Não sei o quanto vai me custar este artigo. Talvez perca mais meia dúzia de seguidores no facebook e no twitter. Mas, pelo menos, meu travesseiro será uma consciência tranquila.


Espero que se arrependam enquanto é tempo. Que quebrem o acordo feito com o diabo a quatro. Que parem de vender o rebanho como se fosse deles, lembrando-se de que um dia terão que prestar contas tim-tim por tim-tim.


Não custa relembrar:
"Cuidai por de vós mesmos e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele adquiriu com seu próprio sangue." Atos 20:28


"Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, não por força, mas espontaneamente segundo a vontade de Deus; nem por torpe ganância, mas de boa vontade; nem como dominadores sobre os que vos foram confiados, mas servindo de exemplo ao rebanho." 1 Pedro 5:2-3

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!