14 de maio de 2013

OS PREGADORES DA CRÍTICA E O SEU ÚNICO TEMA!


Por Fabio Campos

Texto base: "Mas o que profetiza fala aos homens, para edificação, exortação e consolação". (1 Co 14:3 ACF).

 

Recentemente escrevi um artigo chamado "Amor a Deus ou medo do Diabo", dizendo que tem pessoas que só são crentes por causa do encardido! Se tirar o "chifrudo" dos seus esboços, acabou o ensino; acabou o congresso! Quero abordar neste artigo aqueles que têm por alvo nos seus escritos e preleções a crítica. Se não atacarem a Teologia da Prosperidade, o Neopentecostalismo e o Arminianismo, acabou o sermão. De fato, as obras infrutíferas devem ser denunciadas e a fé precisa ser defendida. É Bíblico! Mas tudo tem um limite e a hora certa para ser exposto. A grande maioria desses pregadores tem conhecimento, são ricos em sua teologia, mas pobres de temas.

Alguns estão bem intencionados, falam do que precisa ser criticado. Outros são rasos! Para estar por cima, denigre o alvo do seu arrazoado. Necessitam rebaixar o alvo de sua crítica para se vangloriar de sua tese. O alvo não é construir! O alvo é ganhar popularidade. Mesmo sendo de linha pentecostal, gosto da teologia dos reformadores, mas infelizmente alguns se gloriam mais na "teologia reformada" do que no Evangelho. Se pudessem, transliteravam o versículo de Gálatas para: "Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na "teologia reformada"". Creio piamente que nem os reformadores dariam tanta ênfase naquilo que temos como prioridade.

Paulo diz os princípios no qual o sermão deve ser pautado: "Edificação", "exortação" e "consolação". Edificação neste texto é o ato de "encorajar", construir alicerces; exortar não é chegar com os dois pés no peito dos ouvintes com fala hostil, mas "animar e aconselhar, como um advogado de defesa (1 Jo 2.2); consolar, é dar ânimo aos abatidos e os que estão desencorajados. Perceba, estes que só criticam, têm isto por motivação? A maioria, não! Então, fuja!

O Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo está acima de linhas teológicas controvertidas concernentes a temas secundários. Temos que lembrar que a mensagem das Boas-novas precisa ser clara, tendo por alvo todos os níveis de intelectualidade. O que tem que permanecer como fundamento de fé no coração do Cristão é a mensagem da qual o levou ao arrependimento em quebrantamento, e entrega ao Senhor Jesus. Nisto que o Pai e o Filho no alvo de Sua Graça permanecem no nascido de novo (1 Jo 2.24).

Precisamos ser simples e profundos ao mesmo tempo. Quando o pregador é bíblico, humilde, e ama gente, certamente seu sermão será eficaz. Lutero disse que"Sermão sem unção endurece o coração". O ministro deve denunciar o pecado (Mt 3.1), ensinar a Palavra em sua essência (Mt 9.35; At 28.31), proclamar a paz a todos os povos sem exceção (Ef 2.17), e o mais importante, anunciar a Jesus (At 8.35), que Ele é o Cristo (At 8.5) e Filho do Deus Vivo (At 9.20), com graça e com o tempero da mansidão. Consigo identificar nas Escrituras um conteúdo apologético e doutrinário, mas a relevância está em anunciar as boas-novas em graça, e não fazer do púlpito um apoio para a crítica somente.

Por isso irmãos, é necessário reter o que é bom! Nem tudo que tem popularidade nas redes sociais, de fato, reflete o genuíno Evangelho. Nem tudo que diz ser piedoso é santo. Muitos estão pregando a Cristo por inveja, porfia, causando discórdia sendo insinceros. Mesmo que Jesus esteja sendo anunciando (o que é muito bom) é necessária a cautela.

Os ensinos estão carregados de "verdades", porém muitos deles sem amor e misericórdia. Se não for para edificar, exortar e consolar, tenha cuidado com o seu conteúdo. A Teologia dos fariseus é bíblica e deve ser obedecida, mas é hipócrita, na qual tem o repúdio do próprio Deus, que é o alvo de sua teologia e de seu zelo (Mt. 23.3).

A ordem é "Acautelai-vos"!

 

SOLI DE GLORIA!

Fabio Campos

fabio.solafide@gmail.com

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!