17 de julho de 2013

Nosso Amor por Jesus Cristo



Cada vez que vou sair de casa, considerando que meus ouvidos já não conseguem escutar claramente os ruídos do trânsito, e para não ser atropelada ao cruzar uma rua da cidade, sempre me entrego ao Senhor em oração, pedindo que Ele acampe os Seus anjos ao meu redor e me livre de um acidente.

Ontem, quando eu ia atravessar uma rua transversal à Avenida Lúcio Meira, de repente, um carro surgiu do nada e quase me apanhou. Respirei aliviada, com as pernas trêmulas, e agradeci a Deus o livramento.

Sei como é forte, poderosa e apaixonante uma relação com o Criador e sustentador do universo. Isso nos dá uma força enorme para encarar os embates diários e nos levar para a cama com a sensação de mais uma etapa vencida na batalha de um dia que se foi.

Em João 15:5, Jesus foi claro, ao afirmar: "Sem mim nada podeis fazer". Amo a Palavra Santa e Deus colocou em meu coração o desejo de servir ao Senhor Jesus, pelos anos de vida que me restam. Por isso, não costumo escutar música mundana, nem música evangélica de má qualidade, do tipo que as igrejas costumam cantar, a fim de atrair os incrédulos. Prefiro os hinos clássicos compostos por homens que conheciam e realmente amavam o Senhor.

Herdei a veia poética de meu pai cearense. Às vezes estou na cozinha fazendo o almoço e, de repente, um poema de amor para Cristo começa a me brotar na mente. Não desejando parar o serviço, tento afastar as palavras que estão jorrando em meu pensamento e quando elas persistem, eu costumo falar, em tom de brincadeira: "Calma, Espírito Santo, não vê que estou ocupada?"  

Certa vez, um irmão pentecostal disse que isso é blasfêmia. Talvez porque ele não saiba realmente o que significa umablasfêmia contra o Espírito Santo, conforme lemos em Marcos 3:28-30, ou seja, duvidar da Divindade do Senhor Jesus Cristo.  Mesmo porque, quem nEle não crê jamais será salvo!

Estou desafiando meus amigos cristãos a que leiam a Bíblia, diariamente, com o sincero desejo de aprender a amar o Senhor Jesus Cristo, pois Ele está presente ali, desde Gênesis 3:15 até Apocalipse 22:21, mesmo quando o Seu nome não é mencionado. Quem se habitua a ler e meditar na Palavra Santa consegue uma intimidade com o Pai e cresce, cada dia mais, na graça e no conhecimento do Seu Filho Amado.

A carta de Paulo aos Efésios nos leva a conhecer o amor imenso do nosso Deus e grande Salvador: "Para que Cristo habite pela fé nos vossos corações; a fim de, estando arraigados e fundados em amor, poderdes perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade, e conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus". (Efésios 3:17-19).

Não estou pregando o amor sensual de Teresa D'Ávila e de outros místicos católicos da Idade Média! Nosso culto de amor a Jesus deve ser conforme Paulo nos ensina em Romanos 12:1, "apresentando  os nossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o nosso culto racional".

Quando colocamos o Senhor acima de tudo e de todos, nossa vida se torna tão feliz e preciosa que nem desejamos morrer logo, mas ficar mais tempo aqui na Terra, a fim de propalar esse amor maravilhoso. 

Em geral, eu só desejo morrer quando passo por um desgosto muito grande e me sinto enfastiada da maldade do mundo. Nunca me sinto infeliz, nem mesmo quando os "lacaios do papa"  me enviam textos pejorativos, porque sei que eles estão contribuindo positivamente para o meu galardão celeste, quando me atacam, por causa da sua ignorância bíblica. Então, tento ser paciente, lembrando-me dos amados que já se foram e devem estar me esperando no Céu, enquanto cantam louvores ao Rei dos reis e Senhor dos senhores.

 

Mary Schultze, 17/07/2013

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!