26 de julho de 2013

O PERIGO DE SER PAPA...


Pessoalmente, eu nada tenho contra o novo rei da ICAR - que apelidei de CHICO, do mesmo modo como eu costumava chamar meu irmão mais velho, que também era Francisco.

Gosto de ler sobre os assuntos papais, visto como sou pesquisadora de religião; mas o historiador protestante britânico, Dr.  Arthur Noble, define o papismo de forma bem clara:

"O papismo é a mais crassa manifestação da idolatria e quanto mais estreitamente uma nação o abraça, mas ela se distancia das leis divinas; poisRoma é a inimiga maior da Bíblia, a extintora máxima da luz do Evangelho e a principal agente da escravidão da mente humana e usurpadora da soberania do Deus Todo Poderoso. É de esperar, portanto, que a comunhão com Roma seja, não apenas a principal catalisadora no declínio de qualquer nação cristã, como a responsável pelo pecado maior, pelo qual Deus tem julgado todas as nações."

Antigamente, o Brasil era um escravo da ICAR; por isso, nunca progredia. Até que foi se libertando, e hoje, embora não totalmente liberto das garras do Vaticano, pois ainda acredita em muitas das suas lorotas, o povo adquiriu uma visão mais clara sobre religião.  Estamos progredindo, desde que uma boa parte da população se tornou evangélica e,  portanto, precisou ler a Bíblia e escutar mensagens de boa qualidade nos púlpitos. E o país começou a receber as bênçãos, que antes não recebia.  

Infelizmente, nem tudo são flores! As seitas oriundas das igrejas "avivadas" começaram a invadir o Brasil, sendo mínima a diferença entre estas e a religião do papa, pois ambas cultivam heresias que a Bíblia condena, embora os "crentes avivados" ainda não tenham começado a adorar imagens de madeira, ferro e barro.

Quando observo na TV a idolatria do povo pelo Papa Chico (acho que ele até se sente mal com esse tipo de coisa), com algumas mulheres tendo crises histéricas, convenço-me de que esta é uma prova da tremenda ignorância bíblica em que vive o nosso povo e peço que Deus lhe perdoe este pecado e leve cada uma dessas pessoas bem intencionadas, porém mal informadas,  a conhecer a único SALVADOR, diante de quem devemos nos ajoelhar, a fim de pedir o perdão dos nossos pecados...

O Papa Chico deve ser um homem bom, apenas enganado pelos sofismas de Roma, e peço a Deus que um dia ele se converta à verdade que liberta do engodo religioso, do mesmo modo como fez Malachi Martin, que também era um  padre jesuíta. Só que, quando um alto dignitário da ICAR se converte e propala a sua conversão, está assinando a própria sentença de morte. Malachi Martin foi assassinado... E ninguém conseguiu descobrir o tipo do veneno!!! Não teria sido o mesmo que liquidou João Paulo I?

 

Mary Schultze, 25/07/2013.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Um comentário:

  1. Já vemos em muitas igrejas chamadas ou que se intitulam evangélicas uma idolatria descarada por pastores/cantores, e essas personalidades não fazem o menor esforço para abrir os olhos dos seus adoradores de que estão cometendo em pecado.

    Luís

    ResponderExcluir

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!