15 de março de 2012

ENCONTRAMOS O MESSIAS!






“Era André, o irmão de Simão Pedro, um dos dois que tinham ouvido o testemunho de João e seguido a Jesus. Ele achou primeiro ao seu próprio irmão, Simão, a quem disse: Achamos o Messias, e o levou a Jesus.” João 1:40-42
"Achamos o Messias!", disse André a primeira pessoa que encontrou: Pedro, seu irmão. E, imediatamente o levou até Jesus.
A mesma reação encontramos na mulher de Samaria, em João 4, quando após um encontro com Jesus no poço, ela com pressa, deixa o seu cântaro, e corre para seu vilarejo anunciar: vejam! Encontrei um homem que me disse tudo que tenho feito! Será este porventura o Cristo?
No mesmo sentido é a parábola do tesouro escondido: “O reino dos céus é semelhante a um tesouro oculto no campo, o qual certo homem, tendo-o achado, escondeu. E, transbordante de alegria, vai vende tudoo que tem, e compra aquele campo.” Mateus 13.44
Como essas pessoas ficaram maravilhadas, e “transbordantes de alegria”, em encontrar com o Messias, ou em descobrir o Reino dos céus!  Elas não conseguiam se conter, tamanha a alegria e entusiasmo que tal realidade causara em suas vidas. Simplesmente tinham que compartilhar, tinham que contar para alguém.
Fico a me perguntar, para onde foi a minha empolgação, por ter encontrado o Messias? Para quem eu tenho compartilhado dessa maravilhosa notícia de que Deus se reconciliou com o homem? Para quem tenho falado com alegria, dessa graça, dessa salvação? 
Infelizmente, vejo que nós, como cristãos, passados alguns anos na igreja, já não temos mais aquela empolgação, aquela vontade de falar para o mundo todo acerca do que Jesus representa para nós, ou daquilo que Ele tem feito em nossas vidas.
A gente parece que se ‘acostuma’ com o fato de que temos a vida eterna, temos paz em meio a tribulação, temos um sumo sacerdote que se compadece de nós, temos um trono de graça para recorrermos, a fim de acharmos misericórdia em tempo oportuno! 
Nós nunca deveríamos nos ‘acostumar’ com essas realidades. Antes, deveríamos celebrá-las todos os dias, e nunca perder uma oportunidade de espalhar as boas novas para aqueles que ainda não ouviram.
Nos últimos dias, tive contato com pessoas que me desafiaram nesse sentido.
Outro dia estava na casa de um pastor muito amigo, que já está na casa dos seus 70 anos, e já fez muito pelo reino de Deus. Esse homem realmente é uma pessoa frutífera, sempre trabalhando na obra do Senhor, com muito ânimo e afinco. Mas mesmo tendo feito muitas coisas, ele até hoje, não perde oportunidade de falar sobre o Senhor. 
Este pastor me contou que recentemente estava em uma livraria secular, e achou um livro muito interessante do Pr. Billy Graham. Quando chegou com o livro no Caixa, para pagar, ele leu em voz alta o título, que era sobre a volta de Jesus, e aí perguntou para a pessoa que estava no Caixa, e para o cliente a quem ela estava atendendo, se eles acreditavam na volta de Jesus.
O funcionário respondeu que sinceramente, nunca havia pensado sobre esse assunto. O cliente, que estava à sua frente, na fila para pagamento, revelou-se um ateu, e disse que não acreditava em nada daquilo. De repente, seguiu-se ali uma conversa, onde o pastor, com muita educação, ouviu vários argumentos do ateu sobre Deus, até que este lhe disse: Eu sou uma pessoa mais feliz que você. Eu não tenho essa necessidade de ficar evangelizando todo mundo. Eu sou livre. 
Então, meu amigo pastor lhe contou a parábola do tesouro escondido, e aí arrematou a conversa dizendo que ele havia achado um tesouro muito precioso, e por isso, queria que todos ao seu redor achassem também.
E assim, ele evangelizou um estranho, em um lugar comum, como uma fila de caixa em uma livraria.
Outro exemplo que ouvi esta semana, foi sobre a mãe de um irmãozinho aqui da igreja, que faleceu ano passado.
Essa mulher estava em seus últimos dias de vida, sentindo dores e desconfortos, e sempre que as pessoas iam visitá-la em casa ou no hospital, ela sempre lhes falava do poder de Deus, da obra de Jesus, e lhes apresentava o plano da salvação. Morreu em paz, na certeza de que se encontraria com seu Senhor, e deixando um legado de fé poderoso para sua família.
Por fim, um testemunho que muito me tocou recentemente, foi o de Jakylene,  esposa do cantor Mauro, do grupo de músca evangélico, Oficina G3. Jakylene estava com câncer, e já lutava com a doença há algum tempo. 
Em uma de suas úlitmas passagens pelo hospital, ela pediu que seu esposo fosse lá com o violão, para louvarem ao Senhor. Esse vídeo foi divulgado no You Tube, e seu conteúdo é tremendo. Ali, vemos Jakylene louvando ao Senhor, apesar de estar ali, naquela cama, debaixo de muitos medicamentos, e também debaixo de uma sentença de morte. Mas ela aproveitou aquela oportunidade para falar do amor de Deus, e de dizer como Ele era o Senhor de sua vida, e que Ele estava com ela naquele momento. Claramente podíamos ver que o coração dela estava em paz, mesmo no meio daquela situação dificílima. Alguns dias mais tarde, ela partiu para estar com o Senhor, e deixou-nos um grande exemplo de fé a ser seguido.
Quando foi a última vez que você compartilhou com alguém o fato de você ter encontrado o Messias?
Vocé tem aproveitado as oportunidades?
Ou será que é tempo de orarmos: senhor, renova em mim a alegria da tua salvação! (Salmo 51.12)
O simples fato de termos todos os nossos pecados perdoados, de termos a certeza de onde vamos passar a eternidade, de termos Jesus como nosso amigo verdadeiro, que compreende todas as nossas fraquezas e lutas, que é nosso Salvador, Intercessor, companheiro, já deveria causar em nós todos os dias, um bater mais forte no nosso coração. 
Lembro-me nesse momento do texto de Ezequiel 33 que fala sobre o atalaia, e nossa responsabilidade de falarmos de Jesus para aquelas pessoas que estão ao nosso redor, pois um dia a vida delas será cobrada de nós.
Mas acima de tudo, devemos falar para as pessoas de Jesus, do amor de Deus, do plano de salvação, não por obrigação, não como um fardo, não como uma imposição.  Antes, compartilhar acerca de Jesus, é algo que deve ser feito com alegria, de todo o coração, pois grandes coisas tem feito o Senhor por nós.
Compartilhe as boas novas. Não precisa ser uma pregação de três pontos, nem um sermão eloquente. Apenas fale daquilo que Deus fez e está fazendo na sua vida. 
Que Deus renove em nós a alegria de sermos salvos, e de pertencermos a Deus, pois afinal, nós encontramos o Messias! Encontramos o Cristo! Encontramos o Pastor das nossas almas, Aquele que dá vista aos cegos, que liberta da opressão do inimigo, que acalma as tempestades da nossa vida, apenas com uma palavra de sua boca! Encontramos Aquele que nos livrou do poder da morte e do inferno! Encontramos o Príncipe da Paz!
Alegremo-nos cada dia no Senhor!
Seja abençoado, em nome de Jesus!
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Um comentário:

  1. que bom me motivou , e me alegrou o coração !!! obrigado irmão, a paz do senhor na sua familia!

    ResponderExcluir

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!