2 de junho de 2015

“Desafio do Charlie” é jogada de marketing para promover filme de terror; Veja o trailer

“Desafio do Charlie” é jogada de marketing para promover filme de terror; Veja o trailer
A suposta invocação de demônios na “brincadeira” do Charlie começou com uma jogada de marketing da equipe de divulgação do filme “A Forca”, que deverá chegar aos cinemas brasileiros no dia 30 de julho.
A empresa Blumhouse Productions, produtora responsável pelo filme, foi quem lançou a brincadeira no Twitter com um vídeo, no dia 26 de maio. O responsável pelo longa-metragem é  Jason Blum, o criador de filmes como “Atividade Paranormal”, “Sobrenatural” e “Uma Noite de Crime”.
No roteiro do filme – assim como na suposta invocação de demônios que se espalhou pelas redes sociais – Charlie era um menino mexicano que teve uma morte horrível e se tornou em um espírito maligno que, quando invocado, perseguia quem o perturbava.
Muito se comparou o “desafio do Charlie” com “brincadeiras” como a tábua de Ouija, ou do copo e/ou do compasso.
O ritual que se espalhou pelas redes sociais, e que teria desencadeado possessões coletivas de adolescentes em escolas públicas, envolvia o uso de dois lápis e uma folha de papel com uma cruz desenhada e as palavras “sim” e “não” em lados opostos.
Após o bem-sucedido viral de divulgação do filme “A Forca”, agora a produtora resolveu aproveitar de vez o interesse do público na história e divulgou trailers.

Demônio poliglota

O colunista Daniel Simoncelos publicou um vídeo no canal The Way comentando as questões em torno do viral que se formou nas redes sociais, e ironizou questões que formariam pontos de contradição.
“Quem é Charlie? Dizem ser um demônio mexicano (mas com esse nome americano?), que gosta de aparecer, é poliglota, só responde sim ou não, e por incrível que pareça, é onipresente (está em todos os lugares do mundo que perguntam se ele está lá)”, escreveu Simoncelos, resumindo o que havia de controverso na história.
Por fim, o colunista orienta que, apesar de o tal Charlie não existir, desafiar o mundo espiritual não é boa ideia: “Qual o motivo do meu artigo? Primeiramente para tranquilizar você que está preocupado se o Charlie está na sua casa. Com certeza não. Contudo, sabemos que existem demônios no mundo espiritual que estão por aí procurando oportunidades para trazer destruição e morte a todos que puderem e lhes derem abertura para isto”.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!