19 de julho de 2012

Evangélicos tentam invadir terreiro em Olinda!

Evangélicos tentam invadir terreiro em Olinda

Vídeo que mostra grupo evangélico tentando invadir terreiro em Olinda, domingo, foi repudiado por internautas

Publicado em 18/07/2012, às 00h02

Do JC Online

Babalorixá Érico Lustosa filmou o que classificou de ato de intolerância religiosa / Foto: Marcos Pastich/JC Imagem

Babalorixá Érico Lustosa filmou o que classificou de ato de intolerância religiosa

Foto: Marcos Pastich/JC Imagem

Centenas de evangélicos com faixas e gritando palavras de ordem realizam protesto em frente a um terreiro de matriz africana e afro-brasileira – candomblé, umbanda e jurema. As imagens poderiam ser de um filme sobre a Idade Média. No entanto, foram registradas no domingo, no Varadouro, em Olinda, Grande Recife. As cenas de intolerância religiosa circularam ontem nas redes sociais e provocaram a revolta de milhares de internautas.


As imagens foram captadas pelo filósofo e babalorixá Érico Lustosa, vizinho do terreiro alvo dos ataques. Segundo ele, por pouco os evangélicos não invadiram o espaço. “Eles gritavam ‘Sai daí, satanás’ e forçaram o portão. Foi aí que me coloquei em frente ao portão e meu filho começou a gravar. Um deles gritou para a gente tomar cuidado, que ele era evangélico mas era também um ex-matador”, relembrou.
O fato ocorreu uma semana depois que pessoas invadiram terreiros em Brejo da Madre de Deus, no Agreste, após o assassinato de uma criança, segundo a polícia, a mando de um pai de santo. Pesquisadores dizem que essas religiões não realizam sacrifício de humanos.

Com a repercussão nas redes sociais – o vídeo teve mais de 1,5 mil compartilhamentos no Facebook e cerca de 400 visualizações no YouTube em menos de 12 horas – representantes de dezenas de terreiros se reuniram, ontem à tarde, no Palácio de Iemanjá, no Alto da Sé, em Olinda.
No encontro foram discutidas propostas para coibir a intolerância religiosa. Entre elas a de ser registrado um boletim de ocorrência coletivo para denunciar o fato ocorrido no Varadouro.

O terreiro alvo dos ataques é o de Pai Jairo de Iemanjá Sabá, na Rua Manuel Souza Lopes. Vizinhos repudiaram o protesto. “Moro aqui desde criança e o pessoal do terreiro nunca trouxe problema. Sou católica, mas respeito as outras religiões. O que fizeram foi um absurdo. Por pouco não invadiram o espaço”, disse a dona de casa Cintia Gomes, 25 anos.

O secretário-executivo de Promoção da Igualdade Étnico-Racial do Estado, Jorge Arruda, lamentou o fato em Olinda e afirmou que os ataques têm relação com o caso de Brejo da Madre de Deus. A igreja responsável pelo protesto não foi identificada.

Hoje haverá reunião entre representantes do Ministério Público, da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos e de terreiros. Também será lançada a cartilha Diversidade Religiosa e Direitos Humanos e debatida a intolerância contra as religiões de matriz africana e afro-brasileira em Pernambuco.

Fonte: http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/cidades/noticia/2012/07/18/evangelicos-tentam-invadir-terreiro-em-olinda-49482.php
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

2 comentários:

  1. O que é que esses invasores aprendem na igreja? Por que não rodearam o terreiro 13 vezes ou entrassem pelo canal subterrâneo como fez DAvi? Canal subterrâneo em Olinda deve ser esgoto, que por sinal seria um bom lugar para eles (invasores de terreiro). @RDiadema

    ResponderExcluir
  2. É um absurdo o que estas Seitas protestantes de cunho pentecostais fazem na mente de pessoas desprovidas de instruções ou grau educacional clássico. Não me conformo em saber que estes hípócritas tem permissão para desferir seu reacionalismo nos lugares que estes denominam por igrejas, como se este termo fosse um algo fútil. Na minha opnião, o estado como autoridade, deveria vigiar de perto estas manifestações que em nada tem de religiosas, olhar com rigor o que pregam estes seres abomináveis que se altoproclamam líderes religiosos. Estas Seitas são como cancêr que corrói as estruturas culturais de nosso tradicional país, numa tentativa de ofuscar a força de nossa cultura que é orgulho e identidade deste país, ao contrário destas Seitas que em nada contribuem para engrandece-la. Tais Seitas de cunho pentecostal e neopentecostal só trabalham para alienação de leigos e incaltos, interpretando á Bíblia é rigor de seus interesses em sua maioria financeiro e de feitil próprio, escandalizando esta Sociedade aberta com atitudes como esta que creio eu se tratar de um algo isolado, ao qual as altoridades já se encontram presente no intúito de punir seus idealizadores em nome de uma sociedade Livre. É visível o fanatismo destas pessoas que chegam mesmo a se envolverem nos meios da política no intúito de fazer valer suas vontades mesquinhas e inculturaveis. Todas as crenças, são dignas de terem seus direitos de culto prezervados, com excessão, aquelas que se manifestam em atitudes reacionárias e fanáticas, causando ódio e sendo asim motivo de repúdio público. Nós, como Cristãos, não podemos permitir que estas Seitas se proliferem, devemos nos medir em atos e atitudes para que não caia-mos nesse laço ludibriante e vil que são estas seitas corruptoras, denominadas Libertárias e Pentecostais. Agindo assim, estaremos á preservar nossos aspectos de cultura e crença presente desde tempos imemoriais. Devemos unir autoridades politicas e Cristãs diocesanas, além de membros de outras crenças para que estas práticas sejam em fim consideradas criminosas. Manifesto-me em solidariedade aos Irmãos de matriz afro, em nosso estado e em todo o país, e também á todos que se sentiram ofendidos com aquele ato medianesco dos Protestantes reacionalistas.

    Helton Duarte de Perón

    ResponderExcluir

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!