27 de agosto de 2012

MG – Casado, pastor engravida adolescente de 16 anos


Na imagem, vista aérea do município de Araxá, no Alto Paranaíba

Na imagem, vista aérea do município de Araxá, no Alto Paranaíba

A Polícia Civil vai investigar o pastor evangélico César Antônio Caetano, 61, acusado de abusar sexualmente e de engravidar uma adolescente de 16 anos, em Araxá, na região do Alto Paranaíba. Segundo o delegado Luiz Antônio da Costa, responsável pelo caso, o próprio pastor confessou que os abusos aconteciam há dois anos, mas o pai da jovem descobriu o abuso na quinta-feira passada e denunciou o pastor em seguida.

O pai da estudante contou que, na semana passada, a mãe da adolescente disse a ele que a filha estava grávida de dois meses, mas não queria assumir o filho nem revelar a paternidade. "Ela confessou depois que a gente insistiu muito para ela contar que se encontrava com o pastor frequentemente e, inclusive, que ele já sabia que o filho era dele", disse o pai da jovem, um pedreiro de 41 anos.

O homem registrou um boletim de ocorrência no 37º Batalhão de Polícia Militar e na Delegacia Regional de Araxá. Uma equipe de investigadores da Polícia Civil localizou o pastor em casa, no centro da cidade, de onde ele foi levado até a delegacia para prestar depoimento – ele foi liberado.

Segundo o delegado Luiz Antônio Costa, os abusos aconteciam na casa do pastor, que é casado e pai de três filhas. "O pastor confessou que manteve relações sexuais com a menor e disse que se encontrava com a menina normalmente depois que os trabalhos de faxina dela terminavam na igreja", disse. Ainda segundo o delegado, o pastor disse que não obrigava a jovem a se relacionar com ele. O pai da adolescente confirmou a informação.

A Polícia Civil vai pedir agora um exame de DNA para comprovar a paternidade do filho da adolescente. Nesta semana, a jovem deverá ser ouvida pelo delegado Luiz Antônio para confirmar sua versão da história. 

Silêncio. A reportagem tentou contato como o pastor e com a igreja Assembleia de Deus da Missão, onde ele trabalha. Apesar disso, ninguém foi encontrado para comentar o caso.

Fonte; Com agências

Divulgação: Web Evangelista

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Um comentário:

  1. Há alguns dias atrás foi noticiado que um pastor também em Minas, teria abusado de uma adolescente, alegando que precisaria ungir com óleo suas partes íntimas, pois recebera de Deus uma visão para tal procedimento.
    Hoje me deparo novamente com este absurdo, pensei que fosse o mesmo caso, mas ao ler seu post vi que se tratava de outro!
    Onde vamos parar!?...
    É repugnante saber que existe o joio se passando por trigo na igreja.
    Mas por outro lado, é um dos sinal que as Escrituras estão se cumprindo.

    Em Cristo,

    ***Lucy***

    ResponderExcluir

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!