21 de maio de 2012

O DESAFIO DE SILAS MALAFAIA




Nesse final de semana fomos mais uma vez surpreendidos pelas declarações do Sr. Silas Malafaia, pastor da Assembleia de Deus (?) Vitória em Cristo. O pastor carioca que não sabe mais para onde atirar resolveu disparar para todos os lados, agora contra os blogueiros e editores responsáveis de sites de notícias golspels. Presumo que quando um líder como ele faz alguma coisa dessa natureza é que alguma coisa não está bem. Tem alguma coisa por trás desses ataques e talvez seja porque seus objetivo$ não tenham sido alcançados. Aliás, esse gesto repetitivo de desafiar seus possíveis desafetos tem sido sua arma predileta para continuar aparecendo na mídia. Não faz muito tempo chamou pastores que não concordam com ele de "idiotas", ultimamente deixou claro que os crentes de sua igreja não são trouxas. Será que podemos subentender que os que frequentam outras igrejas o são? Há muito deixei de escrever sobre seus projetos megalomaníacos porque percebi que se valia dos supostos ataques sofridos para expor-se nas telinhas, fazendo papel de vítima e assim difundir ainda mais suas mais novas heresias: a falsa teologia da prosperidade que ele abraçou sim e a falsa teologia da semente, como ele prega.

Desafio as pessoas de bom senso a explicarem se o que o Sr. Murdock fez na Tv é doutrina da prosperidade ou não. Desafio quem quiser, comprovar se aquilo que o Sr. Morris Cerullo propôs na Tv com as Bíblias em troca por uma oferta de R$ 900,00 é ou não falsa teologia da prosperidade. Desafio-os a declararem se isso é Cristianismo mesmo. Já declarei aqui, em outras postagens, suas artimanhas: ao trazer um profeta de fora para declarar esses absurdos, podia esconder-se atrás da desculpa de que ele mesmo nada disse, mas os "profetas" americanos o fizeram. Isso aconteceu quando ele ainda era convencional da CGADB.

Desafio o Sr. Silas Malafaia a abrir igrejas no sertão e nos interiores do Nordeste Brasileiro, nas regiões ribeirinhas e trabalhar com os índios, onde a fome campeia e a miséria não dá trégua. Se a teologia da prosperidade que ele prega funciona, por que não abre igrejas para mudar a realidade do sertão e da pobreza no interior do Ceará? Desafio-o a abrir igrejas (mega-igrejas) nos campos do interior do Piauí, onde o gado está morrendo de fome e de sede. Pelo contrário, suas intenções são abrir igrejas nas capitais, onde temos uma melhor renda per capta. No sertão não tem dinheiro, gente empregada ou pessoas com posses para comprar seus livros e dvds. Ultimamente tem sido veiculado nas mídias evangélicas que pretende construir um templo em Fortaleza para 20 mil pessoas. Por quê? Porque uma grande igreja aqui em Fortaleza rejeitou seu material de Escola Dominical, preferindo o ótimo material da CPAD. Essa igreja compra cerca de 3.000 revistas da EBD, além de Bíblias, livros, dvds, da Casa Publicadora das Assembleias de Deus e outras editoras, e não da Central Goslpel. O senhor Silas tem um coração amargurado, cheio de revanchismo e tenho todo o direito de desconfiar de seus métodos e objetivos com relação ao Reino de Deus. Ou seria seu Reino Próprio?

Ele sabe que haveria um movimento na blogosfera e que muitos responderiam em suas páginas, como eu. Ora, ele é expert em chamar a atenção e sempre cria um factoide novo a cada apresentação de seu programa. Assistir dois programas para fazer um desafio?! (Ninguém merece!). Fica claro que está cheio de outras intenções. Aliás suas pregações "iradas" longe estão de serem proféticas. Estão eivadas de um individualismo doentio e movido por outros valore$ que não os do Reino de Deus. Com quem esse senhor não "brigou"? Rompeu com a CGADB (graças a Deus), "brigou" com Waldemiro Santiago, Edir Macedo, Caio Fábio e criou muitos desafetos Brasil afora. Isso tudo em nome de um projeto, o seu projeto, que é melhor que todos. Deus chamou somente a ele e revelou somente a ele, o iluminado, estratégias de como evangelizar o Brasil e o mundo. Que projeto é esse que prega a desagregação e a desunião entre as convenções? Ele bem poderia ser uma voz na igreja brasileira - embora eu não o reconheça como voz profética -, todavia, tem causado separação entre pastores e lideranças. Quando vem a público dizer que seus pastores ganham entre 4 e 22 mil reais está dizendo nas entrelinhas: "vem trabalhar comigo eu pago bem, melhor que os outros" e, sorrateiramente, introduz uma forma de mercantilização do evangelho no meio do povo de Deus - pelo menos é isso que entendi, mas tenho humildade para confessar que posso estar enganado.  

Eu também o desafio a vender suas propriedades lá na América e dar aos pobres, assim como disse ter feito com seu salário da igreja. O desafio ainda a renunciar à teologia da prosperidade e voltar a ser um defensor da sã doutrina como foi no passado. Sei que estou mexendo em um vespeiro e também sei que ele virá a público com sua "ira" debochada falar mal dessa classe: os blogueiros. Recuso-me a assistir seus programas desafiadores porque entendo que o que já fez e prega atualmente é suficiente para condenar sua nova doutrina. Volto a dizer que nada tenho de pessoal contra o pastor Silas Malafaia (e por vezes o elogiei aqui quando mereceu elogio), mas sim contra a nova teologia que ele abraçou. Não tenho medo de suas ameaças. Sou apenas um pastor, um blogueiro, que encontrei em meu blog uma forma de falar o que penso. Ele pode falar o que bem quiser e escrachar os que não concordam com seus novos métodos de arrecadar dinheiro, pois isso é muito típico de sua personalidade. Todavia, não podemos nos calar acerca dos absurdos que tem feito com a igreja de Jesus Cristo.

Alguns o defendem e o idolatram porque se mostra defensor da família contra a famigerada causa gay e da vida contra o aborto. Tenho a dizer que todo pastor que se preza deve defender a família e a vida, e que ele não faz mais que sua obrigação como líder de uma igreja cristã. Contudo, nosso amigo fez disso uma bandeira e, através dela, viu um meio de ganhar popularidade entre as massas evangélicas, de onde tira membros, que já sabem dizimar e ofertar, para suas igrejas.

Aos que lerem esse texto fica aqui o meu abraço sincero e a declaração de que tudo que escrevi, escrevi com uma consciência tranquila e um coração sem mágoa ou ódio. Que Deus abençoe a suas vidas. Uma última advertência: FUJAM DESSES TAIS QUE MUDAM DE TEOLOGIA QUANDO LHES CONVÊM!

Abraço.
No Amor de Cristo!

Maranata. Ora Vem Senhor Jesus!
Deus abençoe a todos.

Pastor Guedes
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

3 comentários:

  1. Pelo que eu sei, o sr. Murdock está sendo processado nos EUA por suas falcatruas. Só o fato de se juntar a um mercenário desses, para arrancar 900,00 mangos dos irmãos já é o suficiente. Não precisa porcaria nenhuma de desafio...

    ResponderExcluir
  2. Temos uma matéria (Desmascarando a Teologia da Prosperidade), que serve de reposta ao Desafio Malafainiano, no Conversas de Esquina. Acessem: http://conversasdeesquin.blogspot.com.br/2012/04/desmascarando-teologia-da-prosperidade.html

    ResponderExcluir

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!