2 de maio de 2012

PODE DEMORAR, MAS NÃO FALHA!




Amizade é algo fantástico. Verdadeiros amigos fazem toda a diferença em nossa vida. E quando me refiro a amizade – não falo de colegas – mas de amigos verdadeiros – aqueles que partilham conosco os momentos bons e ruins da vida.

É por isso que a Biblia fala tanto sobre o valor da verdadeira amizade :

Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho.

Porque se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante. 



Eclesiastes 4:9-11 



Em todo o tempo ama o amigo e para a hora da angústia nasce o irmão. 



Provérbios 17:17 


A amizade real perdura por toda a vida. O valor dessa relação toma mais importância ainda quando vemos Jesus falando sobre isso :



O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei. 

Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos. 

Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando. 

Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer. 



João 15:12-16 


Além dessas passagens, existe também nosso texto base de hoje (Lucas 10:38-42), que é a narrativa da amizade entre Jesus, Marta, Maria e Lázaro. Uma amizade que surgiu de um simples convite de Marta.

Alias, o convite de Marta foi peculiar. Não era costume e nem de bom tom uma mulher abordar um homem na rua para ir em sua casa – ainda mais que, nesse caso, tratava-se de 13 homens!

Contudo Marta os convida publicamente. Não havia um motivo específico. Não havia ninguém doente, nenhuma crise financeira, nenhuma tragédia ocorrendo. O verso 38 diz apenas que Marta convidou Jesus e seus 12 para irem a sua casa. (Diferente de hoje, quando só convidamos Jesus para ir a nossa casa quando existe algo para que Ele resolva).

Certamente Maria prepararia um lanchinho (E que lanchinho, se levarmos em conta que “discípulos de Jesus” comem!!!). Serviria uma bebida fresca para aliviar A sede. Ela estava atarefada, pois sua casa agora estava repleta de visitas.

Forma-se então, naquela ocasião, um laço de afinidade profundo. Jesus não era simplesmente um pregador ou alguém para dar soluções a vida daquela família. Jesus era o convidado de honra. Estava ali porque Sua presença era querida e desejada.

Em outro episódio, Em João 11, vemos a narrativa de Lázaro prestes a morrer. Jesus é chamado a ir até Betânia, pois seu grande amigo estava morrendo...

Mas Jesus resolve esperar mais uns dias... O quê? Como assim? Que amigão é esse que essa família arranjou? Fato é que Jesus só chegou depois do sepultamento.

Algumas pessoas que sabiam da amizade de Marta e Maria com Jesus, ironizando, poderiam comentar: “Belo amigo esse que vocês arranjaram... Não veio pra ajudar e nem para o sepultamento do defunto...” “Amigo igual a esse eu não quero...”.

Muitos pensamentos vagavam nas mentes de Marta e Maria sobre o atraso do seu Amigo. O que será que houve? O que aconteceu?

Mas Jesus veio. Havia um propósito na sua demora. Ele nunca falha.

Quando construímos um relacionamento não-superficial com Ele, temos a certeza de que Ele virá em nosso favor, ainda que tarda.

A grande questão é que, geralmente Jesus é nosso “faz-tudo”. Chamamos pra resolver um problema aqui e ali, damos um agrado, e depois mandamos embora.

Quando Jesus é nosso amigo, quando temos prazer de estar com Ele, de servi-lo, de ouvi-lo e obedecê-lo, quando a presença Dele conosco é querida e desejada, podemos ter a convicção e tranquilidade de que Ele virá também nos momentos que precisarmos de ajuda.

Seja para resolver algo, para confortar, orientar, ensinar... Jesus é o melhor amigo que podemos ter. Achegue-se a Ele. Conheça mais Dele. Convide-o para sua vida. Ele não te decepcionará.



Marcello Matias, pastor.


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!