20 de maio de 2017

Malafaia diz que “esquerdopatas” não tem moral pra pedir “Fora Temer”


Através das redes sociais, o pastor Silas Malafaia se pronunciou diversas vezes sobre a situação política do país desde que as novas denúncias de corrupção contra o presidente Michel Temer vieram à tona.
O líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo gravou um vídeo e escreve vários tweets sobre o tema do momento. Como sempre, não teve papas na língua e fez cobranças duras.
Primeiramente, criticou o senador Aécio Neves pela falta de transparência, uma vez que afirmou se tratar de um empréstimo de dois milhões de reais, mesmo a Polícia Federal tendo acesso a gravações e vídeos mostrando que se trata de dinheiro de propina vindo da JBS.

Logo depois falou sobre o presidente, questionando também sua postura diante das acusações. “É renúncia ou impeachment”, anunciou Malafaia, que tinha um encontro marcado com o presidente nesta quinta-feira, mas cancelou após as denúncias.
Por várias vezes, alertou contra as ações dos militantes de esquerda no Brasil, chamados por ele de “cínicos, dissimulados e inescrupulosos”.
Na opinião do líder religioso, PT, PCdoB, PSOL e REDE “não tem moral para pedir renúncia de ninguém, por que defenderam Dilma e Lula”. Por outro lado, lembrou que muitos dos deputados ligados a estas siglas continuam defendendo o ex-presidente Lula que tem dado declarações que contrariam os levantamentos da Lava Jato e dos testemunhos dos delatores.
“Se caso for o melhor caminho, após renúncia ou impeachment de Temer, a PEC deve dizer que qualquer um que a justiça já abriu inquérito por corrupção não pode ser candidato”, destacou Silas, numa menção clara sobre a possibilidade de Lula concorrer numa eventual eleição direta. Ele acredita que os petistas que defendem “Lula e Dilma” agora não poderiam pedir “Fora, Temer”
Finalizou dizendo: “Minha oração é que Deus livre o Brasil do caos. Que Deus nos dê saídas e tempos de prosperidades”.

Tuitaço

Através do Twitter, Malafaia emitiu uma série de opiniões, repetindo muitos dos argumentos do vídeo. Diante da lembrança de muitos internautas que o pastor apoiou no passado vários políticos que hoje estão presos ou são acusados na Lava Jato, disparou: “Nunca fui covarde e omisso. Só quem se posiciona corre o risco de errar, e ter, o privilégio de acertar. Por isso cheguei aonde estou”.
Além de abordar questões políticas, ele repetiu que tem fé numa mudança: “o Brasil é maior que tudo isso. Em nome de Jesus Cristo, vamos superar tudo isso”.
Através de seu perfil, ele promoveu um twitaço com a hashtag #OrandoPeloBrasil, reforçando seus pedidos que os cristãos do país fizessem uma campanha de intercessão pela pátria.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!