5 de fevereiro de 2012

Decepção Religiosa

Desde os primeiros tempos o [cristianismo organizado] tem demonstrado uma incapacidade lamentável para distinguir entre a verdade da Palavra de Deus e falsas apresentações dela. A estratégia de Satanás para atacar, deturpar e perverter a religião cristã tem prosseguido ininterruptamente ao longo dos últimos 2000 anos. Como cristão comum, é nosso ofício e dever, expor todas as formas de engano e advertir as vítimas que têm abraçado essa forma de mentira.

Eu tenho compaixão por aqueles que estão comprometidos com uma religião sem nenhuma compreensão real do que essa religião está lhes causando. Por exemplo, ser “comprometido com o Catolicismo Romano”, simplesmente porque uma pessoa nasceu em uma família católica é uma forma de tolice concreta. Ser fiel a uma religião sem investigar os fundamentos de suas doutrinas, sua essência, sua alma, sua história, é a ignorância disfarçada de fidelidade. Isso é uma camada de devoção recheado com orgulho, arrogância, medo e [incredulidade].

Eu tenho compaixão pelas pessoas “religiosas” que mecanicamente vivem a sua “fé”, porque alguém disse que isso era a coisa certa a fazer, [ou simplesmente pela necessidade de uma ideologia pra viver]. Pessoas que seguem os líderes religiosos e seus rituais cegamente são demasiadamente orgulhosas para admitir que suas vidas sejam vazias… E estão paralisadas demais pelo engano para investigar a Verdade. Elas não sabem porque acreditam no que esses lideres fazem. Essas pessoas têm cegamente herdado de alguém essa tradição religiosa, [ou a receberam num momento de aflição, onde qualquer outra coisa poderia ser aceita]. Sua religião determina a sua identidade e elas vão defendê-la mesmo que não estejam ativamente envolvidas na mesma, [e conseqüentemente sem base concreta para fazê-lo]. Sua fé é tão “pessoal” que elas não se atrevem a falar dela [espontaneamente] para os outros. [Ou quando o fazem, o fazem num mecanicismo doentio, desprovido de senso, de alma e da lógica cristã]. Engolem todos os falsos ensinos como verdade, sem apresentar nenhuma dúvida.
[Agora mesmo está havendo uma explosão no número de evangélicos professando uma fé contraditória, seguindo ensinamentos e rituais falsos, que eles mesmos não têm a mínima idéia do que realmente significam. Estão seguindo como gado, a aqueles que inescrupulosamente estão tocando a boiada. Eu mesmo queria que a verdade fosse outra, mas na realidade, não todas, mas a grade maioria dessas pessoas agem assim por incapacidade de crer na palavra de Deus, por desleixo, preguiça, amor a mentira, amor a ilusão, desejo por caminhos fáceis. O episódio do Edém nos revelou que a natureza humana se dá melhor com meias –verdades, do que com a verdade completa. Essa, infelizmente, sempre nos parece ser indigesta.

A esquizofrenia do movimento evangélico moderno alcançou o nível de epidemia, e tem se alastrado, contaminado, e posto em risco até as tradicionais igrejas evangélicas cristãs. Essa contaminação se dá pela invasão de uma multidão de novos ensinamentos(doutrinas), novas formas de abordagem das escrituras, novos métodos de vivencia, novas formas de enxergar e exercer a fé, a prática, o dinheiro, a oferta, o mundo, o serviço, os cargos eclesiásticos  e até o próprio Deus. Jamais imaginei que chegaria um dia em que seria raro encontrar uma igreja que simplesmente testemunhe o evangelho pregado por Cristo e seus apóstolos, sem acréscimos ou invenções. Repito sempre em minha igreja que, hoje em dia, para que alguém encontre e se mantenha de fato em contato com o Deus da bíblia, terá que se tornar profundo conhecedor desse livro inclusive por revelação do alto, porque as igrejas-fraude, superam em muito em numero as genuínas].

Que só Deus nos influencie!

Fonte original: http://pro-gospel.org/
Adaptação: Roberto Aguiar
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!