22 de dezembro de 2016

Caio Fábio comenta suspeitas sobre Malafaia: “Teoricamente, lavava o dinheiro nas contas da igreja”

O reverendo Caio Fábio comentou em seu programa, Papo de Graça, a investigação da Polícia Federal sobre o pastor Silas Malafaia, e lamentou as consequências que tais escândalos exercem sobre a imagem do Evangelho perante a opinião pública.
No início do programa, Caio Fábio comentou o título dado pela PF à investigação, “Operação Timóteo”, e supôs que isso seja resultado da presença de cristãos verdadeiros nas duas organizações que conduzem os trabalhos.
“A Polícia Federal está cheia de cristãos […] também tem muitos cristãos no Ministério Público, gente séria, que tem pavor e ojeriza do que está acontecendo, de toda essa roubalheira sendo feita em nome de Deus, ou usando-se o tráfico de influência praticado em nome de Jesus para fazer essas articulações perversas. É o tráfico de influência de Cristo”, comentou.
Sobre o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), Fábio afirmou que “teoricamente, o Silas [Malafaia] oferecia as contas das igrejas para que o dinheiro fosse lavado lá dentro”, lamentou.
“É uma coisa triste, mas inevitável. […] É certo que esse pessoal todo [líderes evangélicos] vai ter que lidar com a verdade. Pelo bem do povo, para salvação da alma nacional, para o desvinculamento do nome de Jesus do emporcalhamento religioso, é necessário que esse corte seja estabelecido, por amor aos pequeninos, que são os acachapados, os usados, manipulados”, disse.
As manchas que os escândalos envolvendo nomes de líderes evangélicos causam leva, na análise de Caio Fábio, à incredulidade e distanciamento de Deus: “O Evangelho é blasfemado no mundo por causa disso, e Cristo é descrido na Terra por causa disto. Sobretudo por causa disto. Você não vê as pessoas entrando em estado de descrença por causa de concepções filosóficas […] Fecham o coração para o Evangelho por causa dos representantes supostamente desse desevangelho (sic), que onde chega, mata a pureza de Cristo”.
Caio Fábio constatou que, nesse processo de ganância, muitos pastores se tornam inimigos da Palavra de Deus: “É uma coisa horrorosa, porque em nome de Cristo, eles se tornam os mais eficazes agentes de satanás. Essa que é a tragédia. Em nome de Jesus, se tornam os mais eficazes agentes do diabo, contra o fomento do amor de Deus no coração humano. E isso tudo gritando, berrando o nome de Cristo, sem Cristo”.
Assista à análise de Caio Fábio sobre os efeitos dos escândalos com líderes evangélicos:
Via: Gospel Mais

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!