17 de fevereiro de 2017

Após perder a fala, pastor com doença terminal consegue pregar seu último sermão

Pastor John Hogenson. (Imagem: Youtube)
Pastor John Hogenson. (Imagem: Youtube)
Ele liderou algumas das maiores congregações evangélicas luteranas do país, ministrando a cada semana para milhares de fiéis das Cidades Gêmeas (Minneapolis–Saint Paul) e, inesperadamente, o pastor John Hogenson foi silenciado.
John literalmente perdeu sua capacidade de falar, mas ele sabia que ainda tinha muito mais a dizer e estava determinado a fazer com que sua voz e mensagem do Evangelho por ele pregada fosse ouvida de alguma forma, pelo menos mais uma vez.
Em 2015, John, um conhecido pastor evangélico luterano via seu ministério prosperar na Igreja Luterana Mount Olivet, em Minneapolis, quando repentinamente, ele começou a ter fortes dores de cabeça e dificuldades para falar.
"Ele disse: 'Acho que o que quer que seja isto [doença], está progredindo muito rápido', e aquele foi o dia em que o nosso mundo mudou", disse Ruth, a esposa de John.
Pastor John foi diagnosticado com um câncer no cérebro, que não poderia ser retirado com um processo cirúrgico. Em seu diagnóstico, os médicos lhe deram apenas alguns meses de vida. Sua família decidiu levá-lo para casa, para que ele viva o resto de seus dias em seu "lugar de paz" - um quarto em sua casa que foi adaptado no dia em que ele chegou.
"Nós simplesmente cuidamos dele. As coisas ficaram muito difíceis para ele, um homem que passara a vida pregando para milhares de pessoas agora não podia mais falar, não podia comer e nem mesmo se mover, a não ser seu polegar direito", disse Kate, filha de John.
Não querendo aceitar as limitações de sua enfermidade, John foi motivado pelo pouco que tinha deixado. E ele colocou o seu polegar para trabalhar. A esposa do pastor contou sobre uma conversa encorajadora que ambos tiveram.
"Eu disse: 'Ok, o que estamos fazendo?'. E ele olhou para mim, incapaz de falar, e eu continuei: 'Estamos vivendo ou morrendo?'. E ele posicionou o seu polegar para cima, indicando que está vivo", contou Ruth.
Com a ajuda da família e dos amigos, John compartilhou seu testemunho e - que também se transformou em pregações - em uma página criada no site 'CaringBridge' (que reúne histórias de pessoas que estão lutando contra enfermidades graves). Dentro de semanas, quase 300.000 pessoas já estavam se conectando a cada noite de domingo para assistir a um dos sermões de John.
"Ele foi capaz de dar essa mesma emoção e essa mesma afirmação de sua crença e confiança e esperança e fé em Deus", contou Steve, um dos amigos de John. "Ele foi capaz de fazer isso de uma maneira diferente. Mas, foi muito poderoso".
"Isso devolveu a ele sua voz quando ele literalmente não a tinha mais", disse Nicole, outra amiga de John.
Com apenas breves menções de sua doença, John decidiu se focar na missão de encorajar as pessoas que estão enfretando tempos difíceis.
"Ele continuou tendo uma história de esperança, amor e graça para com os outros", disse Kurt Kalland, outro pastor do monte Olivet. "Quero dizer, isso nos faz pensar: 'Uau!".
Pastor John Hogenson (esquerda) e sua família. (Foto: Twitter)

Superando expectativas
John conseguiu viver muito mais tempo que os poucos meses de vida que os médicos tinha previsto para ele. Ainda assim, ele decidiu aproveitar ao máximo esse tempo. Ele havia dado nova vida ao seu ministério online. E então, contra todas as probabilidades, sua voz fala começou a voltar aos poucos.
Os amigos de John aproveitaram a oportunidade e começaram a documentar sua jornada.
"Ele vê as pessoas como indivíduos e trata-os dessa forma", disse um amigo no vídeo. "Ele vai encontrar as pessoas onde elas estão. Não onde ele gostaria que elas fossem".
"Olhe para cima, não para baixo... insista... não desista", diz John em um de seus vídeos, ainda com a fala um pouco lenta.
Em outra vídeo, John diz aos espectadores: "Desculpe, eu ainda parece um bebê grande. Quando chegar o fim da minha vida, quero poder olhar para trás e dizer que fiz tudo o que podia para viver da maneira mais plena possível. Estou muito mais interessado no processo da viver que no processo de morrer".

A partida
Semanas depois, o processo de vida suavemente começou a dar lugar ao processo de morrer. John sabia que era hora de ir para casa..
"Quando ele declarou que estava pronto para o partir, nenhum de nós discutiu", disse Ruth. "Sabíamos que seu corpo estava evidenciando isso e também que fomos abençoados por ter este tempo final com ele".
Em suas horas finais, ele ainda conseguiu compartilhar seu último sermão.
"Ele ainda estava ciente naquela manhã e eu gravei para ele. Ele ficou com lágrimas nos olhos e nós conversamos sobre isso", disse Ruth. "Eu queria que ele ouvisse como ficou e eu acho que significaria muito para ele que essa mensagem fosse publicada, fazendo a diferença entre tantas pessoas".
Agora, 20 meses depois que o câncer tentou silenciar o pastor John Hogenson, suas mensagens continuam sendo ouvidas. Um legado de fé e esperança e uma vida vivida com intensidade.
"John sempre disse que uma boa vida tem a ver com chegar bem ao fim dela", disse Ruth. "Para nós, não sabemos se isso acontecerá amanhã ou quando estivermos com 80 anos de idade. John certamente não sabia que iria morrer aos 58 anos. Mas Ele sempre viveu bem e com certeza chegou bem ao final de sua vida aqui na Terra".

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DA FOX NEWS
ATUALIZADO: QUINTA-FEIRA, 16 FEVEREIRO DE 2017 AS 12:07
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!