17 de fevereiro de 2017

Mulher é curada do câncer após ter visão de Deus: “Aprendi a adorar em meio a dor”

Ana Pedrosa passou por uma intensa luta contra o câncer, mas foi milagrosamente curada. (Foto: Arquivo Pessoal)
Ana Pedrosa passou por uma intensa luta contra o câncer, mas foi milagrosamente curada. (Foto: Arquivo Pessoal)
Uma forte dor no abdômen levou Ana Pedrosa ao Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte, no Ceará. Após um rápido atendimento médico, ela voltou para casa diagnosticada com uma doença inflamatória pélvica, em agosto de 2015.
Ela retornou ao médico, se submeteu a novos exames e foi diagnosticada com fecaloma. Mesmo com novos medicamentos, consultas e exames, sua dor persistia. Em outubro de 2015, Ana foi submetida a uma cirurgia para retirada do fecaloma e foi descoberto um tumor. Na internação, ela sofreu complicações, uma infecção generalizada e teve uma parte de seu intestino retirada, mas recebeu alta em novembro.
“Foi difícil assimilar tudo aquilo que estava acontecendo comigo. Eu não sabia como lidar dar com aquilo”, disse Ana ao Guiame. “Mas em meio a isso, meu coração era grato a Deus, pois eu estava viva”.
Em casa, Ana não conseguia se alimentar, ingerir líquidos e sofreu com a imunidade baixa.  “Nesses dias, Deus usou pessoas para cuidarem de mim, com os curativos e soro com vitaminas aplicadas em casa. Dessa forma eu consegui me recuperar. Aos poucos, fui voltando a andar, a me alimentar e a ficar de pé, para a glória de Deus”, ela relata.
Quando tudo parecia bem, o resultado de um novo exame trouxe a inesperada notícia do câncer. “Meu chão se foi, minhas forças também. A palavra ‘câncer’ abala com o emocional do paciente e de todos os envolvidos em sua vida. Eu corri para a presença de Deus cheia de questionamentos, mesmo não me achando no direito de questionar tudo aquilo”, ela lembra.
Transformação
Depois de um diálogo com Deus, Ana percebeu que sua transformação seria intensa e seu caráter seria tratado. “Ele me respondeu de forma simples: ‘Filha, eu sei o que faço. Irei te revelar o meu amor de verdade, o amor que você não conhece e nem vive. O câncer é a oportunidade de uma transformação completa. Você não sabe o que é amor e, para saber, precisa vivenciar o meu. Confie, estou com você’”.
Naquele momento, Ana tomou uma decisão diante de Deus. “Senhor, eu passo por tudo se o Senhor estiver comigo e, se nesse processo, me fazer viver experiências que eu nunca vivi contigo”.
Ana foi encaminhada para um hospital no município de Barbalha, no Ceará para iniciar seu tratamento. Ela estava prestes a se submeter a uma cirurgia de reconstrução do intestino, mas a operação não tinha cobertura do SUS (Sistema Único de Saúde). No entanto, o valor de 12 mil reais foi arrecadado em uma campanha promovida por seus pastores, familiares e amigos no Facebook.

Eduardo Pedrosa ao lado de sua esposa, Ana, curada do câncer. (Foto: Arquivo Pessoal)
Revelação
Três dias antes de sua cirurgia, Ana estava adorando a Deus em seu quarto, quando sentiu algo em seu coração: “Silêncio!”. Surpresa, ela se calou. “Abri meus olhos e foi como se eu estivesse em outro lugar. Estava numa varanda enorme, atrás de mim havia uma ponte e acima de mim um céu estrelado. Ao meu lado estava meu esposo, Eduardo, e um anjo, com a semelhança de um homem”, ela relata.
“Ele chegou perto de nós e disse: ‘No dia 12 de dezembro, haverá uma guerra nos céus por sua vida. Todos irão receber uma notícia e poderão se desesperar, mas Deus manda dizer para que não se entreguem ao desespero. Adorem! Enquanto vocês adorarem, Deus vencerá essa guerra por vocês e tudo mudará’”.
Em sua visão, o homem continuou: “‘Ana, quando você não conseguir adorar com seus lábios, o seu coração continuará adorando. Eduardo, quando quiser chorar, diga a eles que adorem’. Meu esposo perguntou: ‘Eles quem?’ E ele respondeu: ‘Olhe para trás’. Ao olharmos para trás, vimos pastores, amigos e pessoas da igreja”, Ana lembra.
“Então ouvimos uma única voz cantando: ‘Então louve, simplesmente louve’. Aquela única voz começou a ser seguida por todas as outras. Uma espada começou a brilhar e veio na minha direção. A dor cessou e eu levantei juntamente com meu esposo, sem dor alguma”, continua Ana.
Cinco horas depois de sua cirurgia, o médico procurou Ana, dizendo: “Infelizmente eu não consegui fazer nada por você. A doença se espalhou e seu tratamento será paliativo, não servirá para cura — apenas para que seu pouco tempo seja com vivido com qualidade”.
Naquele momento, Ana se lembrou da visão e passou a adorar a Deus com todas as suas forças. “Deus tirou todos os preconceitos acerca de algumas canções, me fez olhar para dentro de mim e me mostrou o que é adorar em meio a dor”, afirma.
Dias depois da cirurgia, o resultado dos exames não conseguiu detectar o câncer e Ana foi curada de sua enfermidade.

FONTE: GUIAME, LUANA NOVAES
ATUALIZADO: QUINTA-FEIRA, 16 FEVEREIRO DE 2017 AS 4:35
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!