13 de fevereiro de 2017

Vídeo do pastor Cláudio Duarte explicando se cristão pode fazer sexo anal ou ir a motel viraliza

Uma palestra para casais feita pelo pastor Cláudio Duarte está percorrendo as redes sociais nos últimos dias. Nele, o bem-humorado palestrante aborda temas ligados à sexualidade dos casais cristãos e esclarece dúvidas a respeito do que é saudável e o que pode ser, espiritualmente, prejudicial para a relação.
“Tem gente que tem muita dúvida disso. E como é que vai falar uma coisa dessas? Tem que ser eu… Eu não queria, gente (gargalhadas). Falei ‘Senhor… pastor Josué [Gonçalves] está aí…’ É ou não é verdade? Mas não, sou eu [quem precisa abordar o assunto]”, explica o pastor.
Os temas que, segundo ele, são recorrentes em suas palestras são fantasia, motel, sexo oral e anal. Ao seu estilo já conhecido, provocando risos entre uma explicação e outra, o pastor Cláudio Duarte expõe os temas à luz da doutrina evangélica pentecostal, sempre de forma franca e clara. Confira:

Fantasia

“‘Posso usar uma fantasia?’ Não tem nada que desabone a fantasia, não. ‘Ah, eu queria apimentar, me vestir de onça…’ Então se vista de onça! Ele pega a espingarda dele e vai caçar você. Vai arrancar seu coro. Não tem nada de errado nisso. O que não pode é o desejo ser transferido para fantasia. O desejo sempre tem que estar no corpo do cônjuge. ‘Mas eu quero me vestir de ninja, de Batman, chicote…’ Esses dias uma pessoa falou comigo assim: ‘Eu tinha vontade de brincar com vela acesa, pingando em cima’. Falei ‘é umas coisas interessantes’. Cada doido com sua mania. Então, se você tem uma fantasia…”.
Motel
“‘Posso levar minha esposa no motel?’ Não. Motel não é lugar de levar esposa. Por que? É simples: 99% dos relacionamentos mantidos em motéis são extraconjugais, homossexuais, e o ambiente de um motel é totalmente demoníaco. Local de adultério, fornicação. Você pode estar deitado agora onde, duas horas atrás, tinham dois homens fazendo sexo. Isso é um absurdo. Quer levar sua mulher pra algum lugar, então leve para uma pousada, gaste um pouquinho de dinheiro a mais, seu pão duro. Pague um jantar pra ela, depois, janta ela. É assim que funciona”.

Sexo oral

“‘Pode fazer ou não pode?’ Isso é um problema, gente… E aí, eu [pensei]: ‘vou falar disso, tenho que achar um versículo que manda fazer’. Então, fui na Bíblia, li, ouvi os outros falando, aprendendo, não achei, não. Nenhum versículo manda fazer. ‘Agora eu vou tentar achar um que manda não fazer’. Procurei um montão também, li, também não achei. Aí eu falei ‘e agora?’. O Senhor não falou que era pra fazer, e também não falou que era pra não fazer. Aí eu achei um texto interessante, de I Pedro, capítulo 3, que diz ‘co-habitai com as vossas mulheres com entendimento, para que não sejais rejeitadas as suas orações’. Tem coisa que é eu e minha mulher, e ninguém tem nada a ver com isso! É com entendimento”, frisou.
“Sexo oral é tu e tua esposa, campeão. É você olhar para ela e dizer ‘o que você acha disso aí?’ Ela fala: ‘Eu boto a boca nisso aí não. Eu não boto a boca nisso aí não. Eca, nem morta’. Teve acordo? Então, pra você, é proibido. Não teve acordo, ninguém é obrigado a fazer o que não quer. Agora, às vezes você fala assim: ‘O que você achou disso ai?’. Aí o outro fala assim: ‘Eu boto a boca nisso aí, hein! Eu boto, eu tenho coragem’. Aí o outro fala assim: ‘Se você botar, eu boto também’. Então, meu filho, toma um banho de vencedor e parte pra dentro. Ninguém tem nada a ver com isso, não”.
“Porque tem gente que vem expor suas preferências. Eu não gosto, eu digo para ninguém fazer. Eu gosto, eu digo… Não interessa o que eu faço com a minha mulher, é só nós dois, e os anjos ao redor. ‘Ah, irmão, mas a boca é santa’. É. Mas se o senhor botar a boca numa vagina, o senhor sujou a vagina. Tem mais bactéria na bochecha, na língua do que na vagina. ‘Ah irmão, mas todas as coisas me são lícitas, mas nem tudo me convém’. Sim, senhor. Pode dar câncer de boca, pode dar herpes, pode dar prazer, pode virar o zóinho… Pode dar um montão de coisa boa”, acrescentou.

Sexo anal

“‘Pode fazer sexo anal?’ Aí não pode, não. Sexo anal é sodomia. Aí, não. É um absurdo, não é, gente? A grosso modo, me perdoa porque eu sou, às vezes… Mas deixa eu explicar pra você o sexo anal. Imagina que isso aqui fosse um montão de bosta. Aí tem um buraquinho aqui que não deixa você ver as bostas. Aí você enfia seu pintinho no buraquinho e fica passando ele no meio das bostas… Você com um playground tão limpinho, tão cheirosinho, tão pertinho, pra quê você vai brincar no meio da fossa?”, questionou.
VIa: GospelMais
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!