1 de junho de 2012

#TestemunhosPerdidos – uma obra colaborativa - Por: @ariovaldojr

Segue a transcrição da hastag #TestemunhosPerdidos, feita em colaboração com diversas pessoas no Twitter.
O nosso sonho é que quando alguém dissesse que tem um “testemunho” a dar, que ouvíssemos algo similar a isto:
 
- Aprendi que igreja é gente.
- Aí Deus me abençoou com vergonha na cara e eu trabalhei duro pra pagar todas as dívidas que fiz!
- Então parei de acreditar que sou um ‘santarrão’, hoje sei que somos todos iguais.
- Irmãos aqui diante de todos assumo que o que venho ensinando a todos durante anos é um anti-evangelho.
- Aprendi que “disciplina” é pegar quem está em pecado e trazer pra mais perto. É amar mais, ser mais amigo. Andar mais junto!
- Abri mão de achar que era líder ou mestre de algo, e comecei a ensinar pessoas a seguirem o único Mestre.
- Deus me abençoou e eu percebi que toda a fofoca na Igreja era minha culpa.
- Desisti de comprar a Hilux e comprei 5 carros populares pra poder abençoar os irmãos que nunca iriam poder comprar carro.
- Eu ia de avião, mas preferi gastar o dinheiro com a gasolina pra poder levar mais gente da Igreja na viagem.
- Então eu disse pra todo mundo que podiam me chamar pelo nome ao invés de me chamar de bispo/pastor/apóstolo.
- Juntamos o dinheiro dos fogos e do aluguel dos helicópteros e fizemos uma campanha do agasalho.
- Parei de chamar pessoas da igreja de “amados” e comecei realmente tentar amar sem força de expressão.
- Este ano o acampamento custará 40 reais. E se alguém não puder pagar, por favor vá do mesmo jeito.
- Paramos de cobrar a Dízimos e Ofertas e ajudamos a igreja a ter seus corações fiéis ao Senhor.
- Aprendi que ser pastor é ser amigo das pessoas e não mandar nelas.
- Aí percebemos que o dinheiro de viajar pra Israel poderia abençoar muitos irmãos. Por isso desistimos da viagem!
- Parei de buscar cargos ou liderança e viver um evangelho verdadeiro de Cristo!
- Consegui perdoar uma pessoa que não perdoo a anos. Sem contar que tenho me tornado menos orgulhoso.
- Deus me abençou e parei de fazer propaganda sempre que ajudo alguém.
- Libertação da religiosidade e sua filha, a mediocridade. Graças a Deus, isso está acontecendo comigo.
- Hoje não faço mais trocas com Deus. Sei agora que tenho que devo dar mais, não receber muito mais.
- Mediante a crise economica que viví, Deus me fez ver o quanto que não atendi as minhas prioridades. Obrigado Deus!
- Minhas orações ficaram mais corretas, agora não começo com a lista de pedidos e termino com declarações.
- Eu sou próspero de egoísmo, me ensina Senhor a ser pobre de espírito.
- Estamos gratos porque Deus nos impediu de fazer aquela reforma no prédio da Igreja. Aprendemos que isso não é prioridade!
- Abandonei o farisaísmo e adotei a transparência diante de Deus.
- Vamos fazer um almoço de domingo na igreja! Não irmão, não custará nada, afinal voce já pagou com suas ofertas!
- Deixei a oferta na minha carteira e corri pedir perdão pra aquele irmao que eu tinha ofendido.
- Parei de esperar o retiro pra eu mudar, e mudei hoje.
- E tivemos que deixar o prédio gigante mas hoje temos pequenos grupos refletindo a graça por toda a cidade.
- Aprendi contar minhas merdas e como tento superar pra um neófito, ao invés de tentar parecer um superespiritual.
- Não levamos mais pessoas à igreja de forma irregular a lei humana, mas a igreja irá até eles em amor e retidão.
- Não cantamos mais nos cultos as novas mentiras, mas sim as velhas verdades.
- Aprendemos que Deus tá no controle e que nao adianta querer dobrar a mão dele em oração, mas sim os nossos joelhos.

@ariovaldojr e tantos outros, no Twitter.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Um comentário:

  1. Isso aí deveria de "chover" nos teclados e lábios das pessoas!
    Deveríamos ler e ouvir testemunhos assim direto, mas às vezes tenho uma sensação de que ocorre o contrário

    ResponderExcluir

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!