25 de junho de 2012

Se somente gays fossem massacrados no Irã, o governo iraniano teria apoio de cristãos do Brasil, entende deputado Jean Wyllys

A irresponsabilidade de um parlamentar que usa a posição privilegiada para ofender cristãos

O deputado federal e ex-BBB Jean  Wyllys (PSOL/RJ) aproveitou a presença do tirânico governante do Irã Mahmoud Ahmadinejad, no Brasil, por ocasião da Rio +20, não para protestar contra a morte de gays naquele país, mas para descarregar, mais uma vez, suas frases de fúria contra os cristãos brasileiros.
O Irã é acusado de enforcar todos os acusados da prática do homossexualismo. Tal acusação tornou-se mais evidente diante das palavras do déspota Ahmadinejad, na ONU, em 2011, quando afirmou que no Irã não existem gays. Ainda, de acordo com o jornal inglês The Guardian, naquele mesmo ano ocorreu o enforcamento de três iranianos acusados da prática da sodomia.
Como parlamentar e ativista gay, Jean Wyllys perdeu uma grande chance de usar a tribuna da Câmara dos Deputados para expressar repúdio à brutal morte de homossexuais no Irã. Além disto, o ex-BBB deveria ter conclamado seus seguidores e admiradores, de todo o Brasil, a organizarem eventos no Rio e em outros estados, pedindo ao governo do Irã o fim das mortes dos gays.
Pelo contrário, Wyllys (foto) preferiu a omissão, a covardia e o egoísmo, típico dos movimentos gays que só pensam em suas causas.
Ao ser cobrado pelo Twitter por sua visível letargia, o deputado, que também é umbandista, não perdeu tempo e logo encontrou uma maneira de ser evasivo, disparando assim sua mensagem grosseira contra os cristãos brasileiros, através de seu perfil na rede social:
Atitude típica de alguém que não tem argumento, quando inquirido.
O deputado tem como prática, rotular, com viés pejorativo, os cristãos de ‘fundamentalistas’. No entendimento dele, qualquer cristão que se respalda na Bíblia (que para ele é um mito) para afirmar que a prática do homossexualismo é pecado, é um fundamentalista, um ‘homofóbico’.
Wyllys entende que os cristãos brasileiros somente se manifestaram contra  a presença do presidente do Irã aqui no Brasil, pois os cristãos são severamente punidos pelo regime islâmico implantado naquele país. Para ele, caso Ahmadinejad mandasse para o enforcamento ou apedrejamento somente os gays, e não perseguisse os seguidores do cristianismo, os cristãos do Brasil respaldariam tal crueldade.
Sempre que surge oportunidade, o ex-BBB descarrega palavras ofensivas, ora aos evangélicos, ora aos católicos. Isto é bem comum a ele.
Abaixo há alguns exemplos das graves ofensas que este deputado tem feito aos cristãos, o que mostra que ele precisa de tratamento emocional, como também espiritual:

 Fonte: http://holofote.net/
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!