20 de janeiro de 2012

O Evangelho da Subversão


Olá,

Uma das definições de subversão no dicionário:

"Ato ou efeito de destruir ou perturbar; insubordinação, revolta contra a autoridade ou contra as instituições."

O Evangelho de Jesus tem alto conteúdo subversivo. Não é à toa que foi tão perseguido em seus primeiros séculos de existência.
A Mensagem da Igreja de Jesus proclamava que havia um novo Reino vigente, à despeito de Roma. Um único Rei e Deus, à despeito do Imperador Romano, que detinha para si estes dois títulos.

A grande diferença estava no fato de que não eram apenas palavras, mas as pessoas começaram a viver o reinado de Jesus, o que passou a subverter (perturbar, destruir) a autoridade vigente.

Talvez o movimento mais importante para o início da inanição cristã tenha sido a adoção do "cristianismo" como religião oficial de Roma. É a velha história do "se não pode com eles, junte-se a eles". Mas, deixemos esta história para outra oportunidade.

A verdade é que passado vários séculos, a Igreja em vários segmentos, ainda permanece adormecida.
Permanece acreditando que sua participação na história é passiva. Continua pregando que Deus resolverá todos os problemas da humanidade. Continua espalhando que basta trancafiar-se num templo de quatro paredes e apenas orar para que algo aconteça.
O pior de tudo isso é que, ao isolar-se, os pedidos da igreja passaram a ser cada vez mais egoístas.

Hoje já (quase) não se pede melhores condições de vida para crianças ou que idosos tenha um final de vida digno, ou que nosso país possa oferecer melhores condições de saúde e educação.

Se isso já não mais é pedido, imagina então quantos são os que resolvem arregaçar as mangas e fazer algo? Pouquíssimos.

No entanto, nosso Deus é o Deus das minorias. Com Gideão ele derrotou um grande exército com apenas 300 homens valentes ("This is the REAL Sparta!").
Não permitiu que Elias desistisse frente ao desafio dos adoradores de Baal.
Deus começou a maior intervenção na história através de 12 homens.

Nosso Deus é um Deus que olha pelo enfraquecido, é um Deus que se indigna com os abusos de pessoas, sistemas e corporações gananciosas.

VOCÊ pode fazer parte do Evangelho da Subversão!
Como? Não é difícil. Deixe de lado a lógica religiosa do fingimento descarado de santidade. Pare de comentar que o irmão "x" dormiu com a namorada. Deixe de reclamar se o suco de uva da Ceia estava sem açúcar. Chega de valorizar o irmão que vai mais bem vestido ao templo no domingo.

Vamos botar em prática a revolução idealizada por Jesus. Sim, nós podemos! 

Mexa-se. Vamos visitar crianças e idosos. Vamos participar de grupos de "doutores da alegria" em hospitais de câncer. Visitemos presos e jovens infratores, levando-lhes palavras de esperança. Vamos dar de comer a quem tem fome.

Leia a sua bíblia. Não aceite verdades e respostas prontas que não condizem com o que diz a Sagrada Letra.

Escreva. Compartilhe informação, debata assuntos em blogs, vlogs, redes sociais. Não se contente em apenas consumir conteúdo. Produza conteúdo de qualidade para as gerações que virão.

Proteste. Vá em busca de seus direitos! Não deixe que o deus deste século tenha a última palavra. Não esmoreça na batalha que Jesus garantiu ser vitoriosa.

Ame. Ame muito, inclusive aqueles que não entendem ou não aceitam o Evangelho da subversão. Coloque-se no lugar de quem sofre. Estenda a mão para quem tem menos do que você.

Lutemos contra as podestades e principados deste mundo, com ações concretas e diretas. Paremos de fugir da realidade que nos cerca, fechando-nos em guetos religiosos totalmente alienantes.
Coloquemo-nos em posição de batalha, como bons soldados de Cristo que somos.

Como dizia o personagem de Will Smith em "Eu sou a Lenda": "Há uma esperança, você não está sozinho."

O Evangelho da Subversão está por aí com vários nomes diferentes, mas que se resumem a um único princípio: Servir Jesus, servindo aos homens. Está por aí, até mesmo sem nome nenhum, no coração daqueles que se renderam ao reinado de Jesus. Não desista de lutar, você não está sozinho.


"Aprendei a fazer bem; procurai o que é justo; ajudai o oprimido; fazei justiça ao órfão; tratai da causa das viúvas."  (Isaías 1 : 17)

"Os teus príncipes são rebeldes, e companheiros de ladrões; cada um deles ama as peitas, e anda atrás das recompensas; não fazem justiça ao órfão, e não chega perante eles a causa da viúva."  (Isaías 1 : 23)

"A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo." (Tiago 1 : 27)

"Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade."  (I João 3 : 18)

Que Deus nos ajude a abençoe.


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

2 comentários:

  1. Querido Vinicius:
    Como estou a poucos meses de completar 60 anos de vida terrena, cada vez fica mais nítido a imagem real de os dias a serem vividos são bem menores que os já vividos. Então me pus a refletir como viver de forma mais saudável e proveitosa, e, concluí que é usando esse tempo de uma forma que o proveito maior não seja meu, mas, sim das pessoas ao meu redor. Tanto em meus blogs, quanto em comentarios feitos em outros blogs tenho procurado convidar pessoas a refletirem mais sobre a verdadeira missão do ser humano nesta terra, e, o seu artigo me trouxe um pouco mais de ânimo para continuar nesta luta e fortaleceu ainda mais o desejo de mostrar às pessoas que elas precisam de forma definitiva deixar o "evangelho da Superstição" para pregarem e viverem o "evangelho da "Subversão".
    Agradeço a Deus pelo seu post.
    Abraços.
    Fabio, cristaodebereia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Fabio, Paz de Cristo!

    Obrigado pelo comentário.
    Já dizia o poeta: "Nós somos muitos, não somos fracos".
    Que possamos caminhar na direção do Reino de Deus. Um Reino de Justiça, Paz e Alegria.

    Fico feliz do texto ter lhe incentivado.
    Obrigado por compartilhar seu testemunho e opinião.

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!