5 de janeiro de 2012

Jesus, amor com poder para lançar no inferno...



Muito se tem falado a respeito de amar...
Mas será que a gente sabe mesmo o que é amor...
Temos a visão imperfeita, e que amar é querer ver a pessoa sempre feliz, sorrindo pra nós, mas isso nem sempre é amor...
Quando o amor ultrapassa a verdade, há algo de errado.
Muitos reclamam de nossas criticas, dizendo que devemos amar, e não criticar, eu retruco, pois só critico porque amo, ou você acha que Martinho Lutero, queria fundar uma nova igreja quando começou criticar as praticas da igreja católica...
Não, Lutero queria vê-la retornar ao verdadeiro evangelho, e só foi perceber que isso não seria possível, quando foi excomungado pelo Papa...
Certa vez li uma frase interessante, que dizia:
Lutero, foi um católico, bom demais para ser católico...
Não me considero um critico, e nem esses amigos, que postam por aqui e em tantos outros blogs por ai...
Acho que somos evangélicos, bons demais para serem evangélicos, amamos a igreja, e por isso queremos, fazê-la retornar ao seu primeiro amor...
Isso é amor de verdade, amar a ponto de correr o risco de ser odiados por todos vocês, mas crendo que se um ouvir e se arrepender, já será suficiente para que haja festa nos céus...
Muito se espantam, ao ver o Pastor americano Mark Driscoll, dizer que Deus nos odeia, que está irado conosco, mas pense bem, você acha que Deus está feliz com os impios, você acha que Deus etá feliz com muitos na igreja, que tem negado o sangue de Cristo por tantas outras coisas, a única coisa que aplaca a ira de Deus, é o sangue de seu filho Jesus, e como muitos tem pisado nesse sangue, eu não sei aonde vão parar...
Prefiro um Mark Driscoll, me mostrando um Deus bravo comigo, mas que deu seu filho como oportunidade para que eu mudasse de rumo, a um Mike Murdock dizendo pra mim que Deus tem riqueza para minha vida, e que eu tenho que sacrificar meu dinheiro,e barganhar com Deus minha vitória, prefiro um John Piper dizendo que eu vou sofrer, e que isso faz parte da minha vida cristã, a um Silas Malafaia, que além de não ajudar a pagar meu aluguel, ainda pede que eu sacrifique um mês desse aluguel para enviar dinheiro para ele...
Eu prefiro o evangelho, simples como ele é, sou cristão reformado,  e não mudo minhas convicções...
A igreja era bem mais feliz, quando ela só queria Jesus, quando a sua maior alegria, não era dinheiro, não era cura, era Jesus...
Jesus é amor, mas tem poder para lançar no inferno, aqueles que não se arrependerem...
Chega de evangelho seletivo, não é plano de Deus que os homens sejam salvos, através de uma mentira.
Pregue  a verdade, se necessário converta-se também, não tenha vergonha, Jesus te quer junto com ele...

Lennon Carvalho, amo a igreja, mas não suas atitudes...

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

2 comentários:

  1. Parabéns, manolo! Excelente texto, salvo apenas a afirmação do Driscoll sobre Deus nos odiar. Irar conosco não significa ter ódio. Deus é amor, pune, corrije, mas é amor. Não nos odeia.
    Atenciosamente @HE_RE_GE

    ResponderExcluir
  2. Graça e Paz,
    Não estou respaldando todas as doutrinas do Mark Driscoll, apenas creio no que Paulo diz, Julgai todas as coisas, retêm o que é bom, há muita coisa proveitosa, na maneira como Driscoll vê as coisas, ninguém é perfeito, nenhum dos reformadores foi perfeito, mas é assim que Deus trabalha, aperfeiçoando sua obra através de pessoas imperfeitas...
    Mas quando olhos os "profetas da prosperidade, não vejo nada que se aproveite" , eles só vivem para si mesmos...
    Uma coisa é certa a teologia da prosperidade, realmente traz benção financeira...(pros falsos profetas, lobos em pele de cordeiro que a pregam e roubam a igreja com suas doutrinas sujas...)
    Respeito sua opinião...
    Isso é evangelho, Julgue tudo, retenha o que é bom...
    Ande na contra-mão se necessário, mas sempre em direção a Cristo, Autor e consumador da nossa fé...
    Graça e Paz...

    ResponderExcluir

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!