27 de fevereiro de 2013

Cristo fala sobre os líderes religiosos



Cristo nos fala que Deus odeia líderes orgulhosos que baseiam sua salvação em formalidades religiosas e boas obras. Quando Jesus andou pelas rudes colinas e tumultuadas ruas das cidades da Palestina, Ele o fez como Deus encarnado. Ele ensinou a verdade de Deus com autoridade. Cristo respondia às pessoas como Deus teria lhes respondido. Ele realizou grandes milagres por compaixão. Assim, os líderes religiosos de Israel não Lhe deram boas-vindas como nós poderíamos esperar. Ao invés disso, eles asperamente se opuseram a Ele e O odiaram.

E isto não é surpresa, porque a mensagem que Ele trazia e a maneira como vivia, entrava em conflito direto com o que eles ensinavam e acreditavam acerca de si mesmos. Seguindo meticulosamente a interpretação da Lei de Israel e às centenas de regulamentos minuciosos que eles tinham acrescentado à ela, eles sentiam que eram bem sucedidos em ganhar a aprovação de Deus. Ainda mais: eles pensavam que isso lhes dava o direito de dizer a outros como viver. E várias pessoas em Israel ficavam impressionadas com a devoção deles.

Mas não Jesus. Todas as coisas que Ele dizia e fazia, os expunham ao que eles realmente eram — legalistas que se auto-justificavam e que, em seus esforços para salvarem a si mesmos, eram rejeitados por Deus. E somente poucos entre eles, homens como Nicodemos, perceberam que o que Deus pensa sobre os líderes religiosos é mais importante que aquilo que eles pensavam de si mesmos.

O que eles pensavam. Quando lemos os evangelhos, torna-se logo evidente que os líderes religiosos de Israel viam a si mesmos como povo de Deus especialmente favorecido. Os fariseus baseavam suas conclusões em fatores como estes:

Sua aparência exterior. Eles limpavam "o lado exterior do copo e do prato" (Lucas 11: 39).
Seu separatismo. Quando Jesus recebia publicanos e pecadores, eles murmuravam dizendo: "Este homem recebe pecadores e come com eles" (Lucas 15:2).
Seu dízimo sistemático: "Porque dais o dízimo da hortelã, da arruda e de todas as hortaliças"(Lucas 11:42). Eles davam o dízimo tão religiosamente que até dez por cento dos seus temperos eles dizimavam.
Sua observância dos dias santos religiosos. Eles acrescentavam regras sobre o Sábado muito além do requerido pela Lei (veja Mateus 12:1-13).
Sua veneração a líderes religiosos mortos: "Vós edificais os sepulcros dos profetas e adornais os túmulos dos justos” (Mateus 23: 29).
Seu zelo em testemunhar: "Rodeais o mar e a terra para fazer um prosélito" (Mateus 23: 15).
Suas orações públicas impressionantes: "Eles gostam de orar em pé nas sinagogas e nos cantos das praças" (Mateus 6:5).
Com base em declarações como estas, fica claro que esses líderes religiosos de Israel orgulhavam-se de sua atuação religiosa. Eles consideravam a si mesmos acima de repreensão — como modelos para todos aqueles que eram menos piedosos do que eles.

Cristo mostra-nos que, o que as pessoas pensam de si mesmas não é nem de longe tão importante quanto o que Deus pensa delas.


Como Deus os via. O Senhor Jesus, em Sua reação a estes líderes religiosos, mostrou-nos como o caráter de Deus reage contra o externalismo e o legalismo frio. Ele os via como cheios de religião, mas desesperadamente perdidos porque sua fé era em si mesmos. Considere estas declarações:

Porque Deus é onisciente, Ele via sua dureza de coração e os condenava.
Porque Deus é onipotente, Ele rejeitou a autoridade que eles alegavam ter.
Porque Deus é verdade, Ele ficou ofendido por sua hipocrisia e lhes falou coisas que eles não queriam ouvir.
Porque Deus é justo, Ele não poderia tolerar sua ênfase em minúcias de regras enquanto os maiores elementos de verdade e sinceridade eram excluídos.
Porque Deus é eterno, Ele os preveniu de que sua honra era temporária, e que seu orgulho e legalismo os levaria ao inferno.
Confirmação: Quando Jesus revelou a indignação de Deus para com a hipocrisia dos fariseus, Ele estava expressando a verdade sobre Ele, o que já tinha dado a saber. No Antigo Testamento o Senhor repetidamente tinha condenado os israelitas por sua hipocrisia. Ele rejeitou suas tentativas de se auto-justificarem através da observância dos rituais da Lei sem uma genuína confiança nEle. Considere essas passagens:


Ouve tu, ó terral Eis que eu trarei mal sobre este povo, o próprio fruto dos seus pensamentos; porque não estão atentos às minhas palavras, e rejeitam a minha lei. Para que, pois, me vem o incenso de Sabá e a melhor cana aromática de terras longínquas? Os vossos holocaustos não me são aprazíveis e os vossos sacrifícios não me agradam (Jeremias 6: 19,20).


Pois misericórdia quero, e não sacrifício; e o conhecimento de Deus, mais do que holocaustos (Oséias 6:6).


A reação de Deus para com os líderes religiosos da atualidade (ou a qualquer um, no que diga respeito a isso) que tentam ganhar a aprovação de Deus por boas obras, não é diferente. Em Sua santidade, Deus ainda odeia hipocrisia, arrogância e rituais sem sinceridade.

Martin R. Haan
Cristo, a Palavra Viva
Via: Cinco Solas
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Visite

Seguidores

Google+ Followers

+


Comentários em Artigos!

Total de visualizações

Blogroll

"Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim." – Jo 15.18

Marcadores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

top social

WebEvangelistas -Google+

top navigation

Siga por e-mail

Blog Archive

Pesquisar este blog

Teste Teste Teste Teste

Marcadores

Anuncio!!